keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Quem der água e comida para animais de rua será multado em R$ 274

Moradores que insistem em dar água e comida para animais de rua começaram a ser multados em R$ 274 pela prefeitura de Curitibanos. O município tem há um ano a lei que proíbe que cães e gatos comunitários recebam qualquer cuidado em áreas públicas, como praças e ruas da cidade. A lei 217/2019 já completou um ano e ainda causa muita polêmica. Na sexta-feira (21), a moradora Ivanilda Alves, foi autuada após colocar potes com água e comida para os animais. Ela teve até que retirar as caminhas que foram instaladas em espaços públicos.

“Tem tanto animal nos bairros sofrendo por falta de comida, água, desnutridos, abandonados e nas ruas e agora não podemos ajudar. Mesmo com a lei continuamos ajudando, e recebemos algumas notificações, mas agora começou a chegar à multa”, comenta. Protetores dos animais dizem que não estão dando conta da demanda e que muitos estão endividados.

Em nota a prefeitura de Curitibanos, disse que proíbe que os animais sejam alimentados em via pública porque isso estava causando aglomero de animais abandonados e que alguns estavam sendo agressivos, apresentando riscos à população. Idosos e crianças chegaram a ser hospitalizados por conta dos ataques. Disse ainda que a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente recolhe os animais para um local com condições até que sejam adotados. 

A prefeitura tem ações de castrações e campanhas de conscientização para evitar o abandono. Mas, o número de abandonos tem aumentado e devido à pandemia algumas ações tiveram que ser adiadas, entre elas a ampliação de castrações e a chipagem desses animais de ruas. Segundo a nota, nenhuma multa foi aplicada e sim auto de infração, passível de recurso.

Geral

Leilão do Instituto Guga Kuerten segue até o final de setembro

IGK está leiloando camisetas oficiais de times de futebol

Geral

Hospital Marieta se prepara para iniciar tratamentos com radioterapia aos pacientes do SUS

Medida beneficiará os pacientes oncológicos dos 11 municípios que compõem a Amfri

Brasil, Geral

Medidas provisórias liberam R$ 2,5 bilhões para vacinas contra coronavírus

Os R$ 2,5 bilhões serão liberados para o Fundo Nacional de Saúde na forma de créditos extraordinários

Geral

Deputado Kennedy Nunes será relator da denúncia no Tribunal Especial de Julgamento do Governador

Kennedy terá o prazo de 10 dias, contados a partir de segunda-feira (28), para apresentar seu parecer

Geral

Ministro do STF decide que Estado terá que ajudar Hospital Ruth Cardoso com R$ 2 milhões por mês

Estado continua obrigado a prestar suporte mensal de R$ 2 milhões para manutenção dos serviços do hospital

Mais notícias