keyboard_backspace

Página Inicial

Mercado Imobiliário

Mercado imobiliário aquecido no Centro-Oeste torna profissão de corretor de imóveis cobiçada na região

Mercado imobiliário nacional tem registrado excelentes índices de valorização nos últimos anos

corretor 1 Visor Notícias
Foto: Ilustrativa

Com o agronegócio em alta, os investimentos do setor têm impulsionado o mercado imobiliário, principalmente, do Centro-Oeste. Nos últimos 12 meses, Goiânia, por exemplo, foi a segunda cidade com melhor valorização do país, com 14,29%, atrás apenas de Maceió, com +15,23%. A média nacional, no mesmo período, foi de +5,31%, segundo dados da FipeZap.

Goiás tem atraído grandes lançamentos de empreendimentos, inclusive alguns com assinatura internacional e registrou VGV de R$ 7 bilhões em 2023, de acordo com estimativa da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi/GO), sendo grande parte de empreendimentos de luxo, com imóveis a partir de R$ 2 milhões.

Com o aquecimento do mercado imobiliário no Centro-Oeste e ganhos mensais que podem ultrapassar facilmente R$ 15 mil, a formação para atuar como corretor de imóveis tem se tornado muito atrativa nos últimos anos. Isso ocorre porque a comissão de corretagem no Brasil é em média 6%, mas o valor pode variar se o corretor trabalhar para uma imobiliária ou tiver feito a venda em parceria com outro profissional.

Para atender à crescente demanda da região do Centro-Oeste de pessoas que buscam ingressar na profissão, o Instituto Brasileiro de Educação Profissional (IBREP), referência na preparação de corretores de imóveis no Brasil, inaugurou recentemente polos de ensino a distância em Brasília/DF e Goiânia/GO.

“O mercado imobiliário nacional tem registrado excelentes índices de valorização nos últimos anos, mas a região do Centro-Oeste tem se destacado e por conta disso a profissão de corretor de imóveis se tornou cobiçada. A formação profissional inclusive prepara o futuro corretor para atuar com imóveis rurais, já que a compra e venda de fazendas é uma das grandes possibilidades dos profissionais dessa região que tem sua economia voltada para o agronegócio”, comenta o CEO do IBREP, Diogo Martins.

Para se tornar um corretor de imóveis é preciso fazer o curso Técnico em Transações Imobiliárias (TTI) em uma escola habilitada e depois de formado fazer o registro no Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci), que é a entidade que regulamenta a profissão.

“Em quase 20 anos de experiência em formação profissional no mercado imobiliário, detectamos ao longo do tempo quais eram as principais dificuldades dos profissionais do setor e com base em uma pesquisa detalhada reformulamos toda nossa grade curricular para realmente preparar o corretor de imóveis para as vivências diárias. Um dos diferenciais da nossa grade curricular, por exemplo, é que temos um módulo inteiro focado em comportamento humano. Além das questões técnicas e jurídicas que o profissional precisa aprender, ele tem que saber lidar com pessoas; afinal, é isso que vai fazer a diferença na hora da concretização de uma venda”, explica Martins.

Sobre o IBREP

Fundado em 2006 por Celso Raimundo, o Instituto Brasileiro de Educação Profissional (IBREP) é uma escola que tem como objetivo profissionalizar o mercado imobiliário. O IBREP está presente em 7 estados brasileiros e possui mais de 40 polos de ensino. É reconhecido pelo sistema Cofeci-CRECI.

Quer receber as notícias em tempo real?

Clique aqui para entrar no nosso grupo do WhatsApp e fique sempre bem informado.

⚠ ATENÇÃO: Caso não esteja conseguindo clicar no link das notícias, basta adicionar um administrador do grupo em sua lista de contatos.

Fonte: Visor Notícias

Sobre o autor:
Brunela
Brunela Maria
Brunela Maria é jornalista desde 2011 e formada pelo Centro Universitário IESB, em Brasília. Trabalhou no Notícias do Dia, em Florianópolis e na Record TV Brasília. Atua como repórter no portal Visor Notícias e também na WebTV desde 2019.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Mercado Imobiliário

Empresa apresenta grua de 32 metros e elevador que sobe 30% mais rápido na obra

Uma das novidades é o elevador de cremalheira, que tem um sistema inteligente de velocidade. Ele sobe até 30% mais rápido até o topo da obra

Mercado Imobiliário

Casas de ‘isopor’ são alternativas de obras rápidas com custo baixo em SC

Esse modelo construtivo, além de ser econômico, oferece conforto acústico e térmico

Mercado Imobiliário

Obras de infraestrutura e novos empreendimentos impulsionam mercado imobiliário de Porto Belo

Entre 2021 e 2023, o valor médio do metro quadrado da cidade valorizou mais de 70%

Mercado Imobiliário

Empreendimento em Porto Belo alcança VGV de R$ 350 milhões em 90 dias

Nos três primeiros meses de lançamento, o Lagom Perequê vendeu 81% das unidades disponíveis. Sucesso levou a antecipação da abertura de vendas de uma torre

Mais notícias

Segurança

Helicóptero cai com Presidente do Irã e comitiva

Cerca de 40 equipes de resgate, apoiadas por drones e montanhistas experientes, estão intensificando as buscas no local