keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Curso de água da Praia de Laranjeiras não deve ser interrompido

A Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM) determinou que o curso de água que desemboca perto do calçadão da Praia de Laranjeiras e corre para o mar não seja interrompido. Como há suspeita de contaminação com esgoto clandestino no local, a água empoçada está sendo retirada pela Empresa de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA) por meio de caminhão próprio para isso. Uma comissão formada por órgãos da Administração Municipal, incluindo Emasa, Meio Ambiente, Vigilância Sanitária e Ministério Público estiveram no local para verificar a situação das ligações de esgoto, na tarde da última segunda-feira (8) e continuarão acompanhando de perto a questão.

A retirada da água acumulada é provisória, já que os moradores e comerciantes começaram a serem notificados para que liguem a rede coletora de esgoto de suas residências e estabelecimentos comerciais à rede da EMASA. Em 6 de outubro de 2017, começou a complementação da obra da rede coletora de esgoto da Praia de Laranjeiras. No serviço, foi implantada a tubulação no Morro de Laranjeiras, que liga a rede da praia à elevatória e irá transpor os efluentes até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Bairro Nova Esperança. Concluído no final de dezembro, o serviço será entregue oficialmente na próxima semana.

Desde 3 de janeiro, moradores e comerciantes estão recebendo uma correspondência informando que já podem ligar a rede coletora de esgoto de suas residências e estabelecimentos comerciais à rede da EMASA. O prazo a ligação é de 60 dias. Apesar de o prazo estar em andamento, o secretário do Meio Ambiente, Ike Gevaerd, faz um apelo para que as ligações ocorram no menor tempo possível. “Para não termos problemas com a balneabilidade, é importante que os comerciantes e moradores façam a ligação o quanto antes, que olhem com carinho para a praia e evitem danos ao meio ambiente e ao turismo de nossa cidade”, disse o secretário.

Cidades

Pesquisa aponta Santa Catarina como destino seguro mesmo durante a pandemia

Entre os que avaliaram o Estado como totalmente seguro, 41% pretendem viajar ainda no segundo semestre de 2020

Cidades

Embraed faz análise positiva das ações de prevenção adotadas durante a pandemia

Empresa manteve quadro de colaboradores do grupo de risco em casa, recebendo salário integral e colocou em home office o pessoal administrativo com filhos em idade escolar

Cidades

Falta de chuva prejudica mananciais de água que atendem Penha e região

Os rios do Peixe e Pìçarras, que abastecem Balneário Piçarras e Penha, não recuperaram seus níveis normais

Cidades

Santa Catarina chega ao maior número de casos ativos desde agosto

Apesar dos casos ativos estarem voltando a crescer, a mortalidade diminuiu neste mês

Cidades

Balneário Camboriú terá mais linhas da Viação Praiana a partir desta quarta-feira

Empresa assume em caráter emergencial a extensão das linhas

Mais notícias