keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Camboriú registra mais de 200 focos do mosquito Aedes aegypti

Bairros Taboleiro e Monte Alegre apresentam maior incidência. População pode tomar cuidados básicos que ajudam a controlar o surgimento de novos focos

 

O Programa de Combate à Dengue de Camboriú identificou 207 focos do Aedes aegypti em todo o município até a quarta-feira, dia 14. Os bairros Taboleiro e Monte Alegre apresentam maior incidência e são considerados infestados. O número já corresponde a 50,74% dos focos registrados pelo setor em 2017. O mosquito é transmissor da Dengue, da febre Chikungunya e do Zika Vírus.

O coordenador do programa no município, Maurício Costa, explica que o crescimento no número de focos é decorrente do clima quente das últimas semanas. “A proliferação do mosquito é maior no verão, o que justifica o aumento nos focos. Mas, atrelado à isso, também há a pouca sensibilização da comunidade. Os agentes de endemia do Programa identificaram novos depósitos de água parada e acúmulo gradativo de entulho, fatos que contribuem para esse aumento”, esclarece.

 

Trabalho de rotina

Agentes de endemia monitoram armadilhas instaladas pelo município semanalmente. Além disso, são visitadas residências diariamente e pontos estratégicos – pátios, cemitérios e depósitos de lixo, por exemplo – a cada 14 dias. O Programa promove ainda ações de sensibilização com a comunidade, palestras em escolas, entre outras ações que auxiliam no combate ao mosquito.

 

Orientações para a população

Alguns cuidados podem ser tomados pelos moradores de Camboriú dentro das próprias casas. Dentre as medidas estão manter pneus secos e guardados em locais cobertos, descartar pratos de plantas, revestir caixas d’água com tela e tapá-las de forma adequada, trocar bromélias por outras plantas em jardins e lavar vasilhames de animais domésticos com frequência.

“É necessário que a população entenda que a luta contra o Aedes aegypti é conjunta: tanto deles como do Poder Público. Só assim conseguiremos controlar o surgimento de focos e a proliferação do mosquito”, destaca o secretário de Saúde, Ronnye Peterson Nasser do Santos.

Em casos de denúncias ou dúvidas, o contato com o Programa de Combate à Dengue deve ser feito pelo telefone (47) 3365-9400 ou na página oficial do Facebook – Dengue Camboriú.

 

Confira a listagem de bairros e números de focos identificados  

 

Taboleiro – 45

Monte Alegre – 43

Centro – 43

Lídia Duarte – 25

Areias – 17

São Francisco de Assis – 16

Santa Regina – 12

Cedro – 3

Rio Pequeno – 2

Várzea do Ranchinho – 1

Cidades

Guias do IPTU 2021 parcelado já estão disponíveis em Itapema

O vencimento da primeira parcela é no dia 22 de março

Cidades

Porto Belo apresenta projeto da pavimentação do Morro de Zimbros

O Governo Municipal já está com o valor necessário para a execução da obra em caixa e o projeto foi desenvolvido através da Amfri

Cidades

Vídeo: Carros boiam durante enchente em Balneário Camboriú

Além dos alagamentos registrados em ruas da cidade, algumas residências foram afetadas pelas chuvas conforme registro da Defesa Civil de Balneário Camboriú

Cidades

Vídeos: Balneário Camboriú fica de baixo d’água depois das fortes chuvas

A Avenida Brasil, na altura da rua Alvin Bauer, Avenida das Flores, rua 1001 e o túnel da rua 3.700 chegaram a ficar interditados devido ao alagamento que tornou impossível a trafegabilidade de veículos

Cidades

Implantação do sistema de esgoto resultará na despoluição gradativa do Rio Camboriú

Segundo dados do Instituto Trata Brasil, se o serviço de saneamento básico no país fosse universalizado, o país teria um ganho de R$ 7 bilhões por ano com o turismo

Mais notícias

Política

Democracia via internet: vereador quer a participação e avaliação popular em projetos

Proposta visa implementar sistema similar ao usado nos sites do Senado, Câmara dos Deputados e Alesc

Cultura e Lazer

Namorada catarinense de Whindersson Nunes revela no Instagram onde o “bebê foi feito”

Foto da revelação foi uma das mais curtidas no Instagram no Brasil