keyboard_backspace

Página Inicial

Cultura e Lazer

Queijo de SC é premiado no World Cheese Awards realizado na Noruega

A empresa já havia ganho prêmios nacionais com o parmesão 10 meses

design horizontal 29 Visor Notícias
Foto: Divulgação

Uma trajetória que iniciou em 1986 e, hoje, é reconhecida no mundo. Assim pode ser resumida a história da Queijos Perosa, de Iraceminha, no extremo-oeste catarinense, que cada vez mais vem subindo degraus no mercado com seus produtos de elevada qualidade. A empresa faz parte do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) na área de Agroindústria do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado de Santa Catarina (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faesc), em parceria com o Sindicato Rural de São Miguel do Oeste.

A qualidade dos produtos é tão rigorosa que, em outubro de 2023, a Queijos Perosa conquistou medalha de Bronze, com o parmesão 10 meses, no World Cheese Awards – maior Concurso Internacional de Queijos do mundo. A 35ª edição do Prêmio ocorreu em outubro em Trondheim, na Noruega, e bateu recorde de inscrições. Ao todo, foram recebidos 4.502 queijos de 43 países, os quais foram julgados por um painel de 264 juízes de 38 nações.

“Estou emocionado por ter meu queijo reconhecido por um painel de jurados especializados. Competir com tantos queijos incríveis já foi uma experiência gratificante. Ganhar a medalha de bronze é um grande motivo de orgulho”, publicou o proprietário Diego Perosa, nas redes sociais da marca.

Para a técnica de campo da ATeG, Larissa Da Fré, que acompanha a propriedade a conquista do prêmio é resultado de muito trabalho e dedicação do gestor e dos colaboradores, além de reconhecer a qualidade dos queijos produzidos na agroindústria.

Diego ressalta que participar da ATeG Agroindústria é importante para manter a empresa organizada. “O trabalho da técnica é fundamental no dia a dia da empresa, pois auxilia em atividades da produção, prestando assistência em assuntos regulatórios e analisando a condição financeira do empreendimento”.

Como foi criada a Queijos Perosa?

A trajetória da família no segmento iniciou quando os pais de Diego (Darci Pedro Perosa e Inelva Ranzan Perosa) saíram de Nova Araçá (RS) e instalaram-se em Iraceminha. De origem italiana trouxeram a atividade agropecuária para a pequena propriedade onde produziam grãos para alimentar a produção de suínos e gado leiteiro (raça Jerssey). Em 2000 foi construída a primeira planta para processar leite e transformar em queijos (muçarela e provolone).  Na época, a pequena unidade contava com área útil de 64 metros quadrados.

A mãe de Diego sempre foi a mestre queijeira e todo o processo de produção era feito por mão de obra familiar. Com o incentivo da família Diego qualificou-se para ser o responsável técnico da empresa e, por se identificar com a química dos alimentos, cursou Engenharia de Alimentos e mestrado em Ciência e Tecnologia dos Alimentos, ambas pela Universidade Estadual de SC (Udesc).

Com a perda do pai em 2011, a Queijos Perosa permaneceu fechada até 2018, quando Diego decidiu restaurar a agroindústria após uma viagem para a Itália e França, onde conheceu outras queijarias e diferentes formas do produto. Hoje, a capacidade de processamento da fábrica é de mil litros de leite por dia. Entre os produtos estão o queijo colonial, o colonial maturado e os queijos parmesão, os queijos de massa filada (muçarela, provolone e caciocavallo), a ricota e o doce de leite.

Quer receber as notícias em tempo real?

Clique aqui para entrar no nosso grupo do WhatsApp e fique sempre bem informado.

⚠ ATENÇÃO: Caso não esteja conseguindo clicar no link das notícias, basta adicionar um administrador do grupo em sua lista de contatos.

Fonte: Visor Notícias

Sobre o autor:
Redação
Redação Visor Notícias
Visor Notícias é um portal com notícias e reportagens sobre o dia a dia do Litoral Norte e Grande Florianópolis criado em 2016.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Cultura e Lazer

Peça teatral sobre ancestralidade chega às escolas públicas de cidades do litoral de SC

O espetáculo “Aquelas que Moram Nela” irá passar por oito escolas entre os dias 16 e 30 de abril; confira programação

Cultura e Lazer

Indaial comemora os 90 anos da cidade com a 3ª edição do Festival Gastronômico & Cultural

O evento está marcado para o 03 até o 05 de maio e promete uma imersão nos sabores que definem o Vale Europeu Catarinense

Cultura e Lazer

Florianópolis vai receber Boutique de Chás da marca catarinense Du Jardim

Fundada em março de 2021 na cidade de Schroeder, em Santa Catarina, a Boutique de Chás Du Jardim é a nova operação confirmada no mix do MULTI Open Shopping, em Florianópolis. A abertura da loja […]

Cultura e Lazer

Confeiteira cria ovo de sagu com creme para Páscoa e vídeo viraliza

Ovo se destaca por sua casca de chocolate branco recheada com sagu e creme de baunilha e virou sucesso no RS e SC

Mais notícias

Tempo

Defesa Civil emite alerta para risco de deslizamentos em SC

Fim de semana será de muita chuva no Litoral com risco de alagamentos

Empreendedorismo

Catarinense Analice Nicolau assume apresentação do podcast GoWhere Talks

Jornalista que é natural de Blumenau/SC e possui extensa trajetória no telejornalismo nacional foi escalada para comandar o novo podcast, tendo como primeiro convidado o CEO da Chilli Beans, Caito Maia