keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Queda de trapiche deixa pelo menos uma pessoa morta no Norte de SC

Até o momento, há a confirmação de que um homem morreu no acidente.

X
Foto: Redes sociais/ND

A queda de um trapiche, que fica no Morro do Amaral, em Joinville, no Norte de Santa Catarina, mobilizou as forças de resgate na tarde deste sábado (17). As informações são do portal ND+. Até o momento, há a confirmação de que um homem morreu no acidente.

Os bombeiros foram acionados por volta das 17h e o helicóptero Águia de Polícia Militar também foi chamado para o socorro. Outra vítima também está sendo atendida, ainda sem o estado de saúde divulgado. A prefeitura de Joinville informou que a estrutura não era mantida pela administração municipal.

Fonte: ND+

Segurança

Veja as fotos de ritual satânico feito por estudante de medicina que matou os pais

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa

Segurança

“O diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resta”, estudante de medicina mata os pais em suposto ritual satânico

Após matar os pais, o estudante teria ligado para um familiar e dito que tinha “feito uma bobagem”

Segurança

Bebê de 7 meses é baleada no peito durante assalto em SC

Criança estava no colo do pai quando assalto aconteceu

Segurança

Júri popular de homem acusado de matar mulher de Itapema em SP é adiado

Família de Itapema viajou para São Paulo para acompanhar o julgamento, mas receberam a informação que o júri foi adiado

Segurança

Filho da cantora Walkyria é encontrado morto após fazer brincadeira no TikTok com amigo

Comentários no TikTok fizeram o adolescente tirar a própria vida

Mais notícias

Segurança

Veja as fotos de ritual satânico feito por estudante de medicina que matou os pais

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa

Segurança

“O diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resta”, estudante de medicina mata os pais em suposto ritual satânico

Após matar os pais, o estudante teria ligado para um familiar e dito que tinha “feito uma bobagem”