keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Homem morre após levar mais de duas mil ferroadas de abelhas

Um homem de 57 anos morreu após levar mais de duas mil picadas de abelhas na última terça-feira (20) na cidade de São Borja, no Rio Grande do Sul. Identificado como Miguel Souza Bachinski, a […]

X

Um homem de 57 anos morreu após levar mais de duas mil picadas de abelhas na última terça-feira (20) na cidade de São Borja, no Rio Grande do Sul.

Identificado como Miguel Souza Bachinski, a vítima ficou gravemente ferida após o ataque e morreu no hospital na madrugada de quinta-feira (22) após um choque anafilático.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima queria retirar mel de caixas de abelhas em uma área de mata na cidade.

Dois homens viram a vítima entrando na mata e, logo após, ouviram gritos, quando chamaram os socorristas. Os bombeiros encontraram o homem desacordado e coberto pelas abelhas. Ele recebeu os primeiros socorros e foi encaminhado ao hospital.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Após um ano do julgamento dos royalties no STF, SC ainda trava luta judicial por recursos

O indicativo de receber R$ 300 milhões correspondia apenas aos valores depositados ao Paraná, com correção monetária, mas sem juros.

Geral

BR-470 vira tema de clipe feito por moradores de SC

Segundo o artista que mora a cerca de 100 metros da rodovia, os sustos com o estouro dos pneus é semanal. Por conta disso, ele decidiu compor a canção.

Geral

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.032.128 casos, 994.723 recuperados e 16.436 mortes

Aos casos confirmados se somaram 4.368, enquanto a estimativa de recuperados cresceu 2.963.

Geral

As cinco melhores dicas para ganhar a Mega-Sena

Quando você sente que a sorte está do seu lado, é hora de se aventurar em um jogo de loteria e deixar que o acaso dite o desfecho final. Porém, há quem diga que nem […]

Mais notícias

Segurança

Mulher que matou filha de 41 dias de vida é condenada a mais de 18 anos de prisão em Chapecó

Segundo depoimentos, ao ser informada sobre a morte da bebê, a mãe não teria esboçado reação e não parecia nervosa.

Geral

Após um ano do julgamento dos royalties no STF, SC ainda trava luta judicial por recursos

O indicativo de receber R$ 300 milhões correspondia apenas aos valores depositados ao Paraná, com correção monetária, mas sem juros.