keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Encontro reúne usuários das ciclovias de Itajaí

X

Itajaí conta com aproximadamente 45 quilômetros de ciclovias e um estudo da Secretaria Municipal de Urbanismo prevê a ampliação desse número para 150 quilômetros. Além da interligação da malha cicloviária, os ciclistas relatam a urgência de se conscientizar os usuários quanto ao respeito da legislação de trânsito. O tema foi debatido durante a primeira mesa redonda realizada pela Coordenadoria de Trânsito de Itajaí (Codetran) na noite de terça-feira (12).

O encontro na sede da Codetran deu início às rodadas de conversas sobre o trânsito de Itajaí. De acordo com o coordenador Robson Allan Costa, é necessário abrir o debate para educar os usuários e humanizar o trânsito do município. “Precisamos manter esse contato próximo com a população, ouvir suas dificuldades e desenvolver ações estratégicas”, destaca Robson.

A Secretaria de Urbanismo foi convidada a participar da mesa redonda e apresentou os projetos para ampliação da malha cicloviária em quase três vezes a extensão da atual. A proposta é corrigir trajetos interbairros com a conexão de ciclofaixas e ciclovias. Uma rota de turismo e lazer também está prevista garantir a segurança no circuito entre as praias de Itajaí. “A tendência mundial é de humanizar o trânsito e privilegiar o transporte alternativo. Itajaí deve seguir essa mesma linha”, aponta Rodrigo Lamim, secretário de Urbanismo.

O pedido de ampliação das ciclovias foi apontado pelos participantes da mesa redonda, para se conquistar novos usuários ao transporte ciclístico, mas o apelo geral foi pela conscientização dos atuais ciclistas. Tráfego de bicicletas fora das ciclovias e ciclofaixas existentes, além da condução na contramão foram os principais relatos.

De acordo com o coordenador Robson, blitz educativas são realizadas desde o início do ano para conscientizar a população do seu papel no trânsito. O programa Motorista do Futuro, desenvolvido nas escolas municipais, é outra importante ferramenta para formar uma nova geração de usuários do trânsito.

Os participantes também sugeriram a instalação de placas educativas ao longo dos percursos para orientar e reforçar a necessidade de se respeitar os espaços destinados às bicicletas. “Precisamos nos unir com a sociedade para construirmos um trânsito melhor para Itajaí. Cada apontamento será levado em consideração para nossa tomada de decisão”, reforça o coordenador de trânsito.

Ciclodicas
1 – Respeite os outros ciclistas na ciclovia/ciclofaixa. Ao andar na ciclovia, seja gentil com os demais ciclistas. Se for preciso, dê a vez para alguém passar. Gentileza gera gentileza.
2 – Aproveite e use o seu espaço. Todos têm um lugar mais adequado para trafegar. Ciclistas devem circular ocupando a faixa ad direita e na mão dos carros. Os motoristas e motociclistas devem manter uma distância de 1,5 metro ao ultrapassar.
3 – Ande no sentido do tráfego. Nunca ande na contramão e tome cuidado ao entrar à esquerda. Se for preciso, vá até a calçada e atravesse como pedestre, empurrando a bicicleta.
4 – Não corra riscos. Ciclistas devem evitar grandes avenidas: além do pouco espaço deixado pelos carros, as ruas menores são mais seguras e menos poluídas. Não circule pelo corredor entre os carros quando eles estiverem em movimento. A calçada é destinada para os pedestres, por isso, evite circular por elas.
5 – Sinalize com o braço. Faça tudo para ser visto. Sinalize com as mãos as suas manobras, sua direção e olhe para os dois lados antes de atravessar, mesmo se a rua for de mão única.
6 – Veja e seja visto. Além de usar luzes, refletivos e faróis, sinalize suas intenções no trânsito, avisando o que pretende fazer. Fique atento ao que acontece, tentando antecipar as ações que estão ao seu redor. À noite use roupas claras ou refletivas.
7 – Atenção nos cruzamentos. Não passe ou atravesse no sinal vermelho. Mesmo que a via seja preferencial ou o sinal esteja aberto para você, mantenha-se sempre atento, pois pode haver alguma emergência ou imprudência no trânsito.
8 – Não segure nas traseiras dos veículos. Pegar “carona” na traseira de outros veículos pode causa graves acidentes, pois o motorista pode frear ou dobrar uma esquina sem que você perceba.
9 – Trafegue em linha reta. Sempre segure no guidom com as duas mãos e não faça malabarismos. Procure andar em linha reta e evite mudanças bruscas de direção, isspo pode assustar quem vem atrás.
10 – Mantenha as crianças à sua frente ou ao lado da guia. Além de resguardá-las, você evita que elas tentem acompanhar o ritmo de sua pedalada e assim pedalam com mais segurança e tranquilidade.
11 – Desmonte ao trafegar nas calçadas. Bicicleta é um veículo e, portanto, deve ocupar vias. A calçada é de uso exclusivo de pedestres, exceto quando existe sinalização indicando a existência de calçada compartilhada.
12 – Use os equipamentos de segurança. Para pedalar com segurança, instale os equipamentos de segurança necessários e utilize os itens de proteção: capacete ventilado, cotoveleiras, joelheiras, sinalização noturna traseira e dianteira, campainha (buzina), espelho retrovisor esquerdo e óculos.

Cidades, Geral

Daniela diz em nota ser “contrária ao nazismo” após fala polêmica em coletiva

Jornalista questionou governadora sobre o pai dela ser admirador de Hitler

Cidades

Motorista de caminhão morre e adolescente fica ferido em acidente na BR-101

A colisão ocorreu no quilômetro 25 da BR-101, por volta das meia-noite

Cidades

Parte de casa desaba e mata criança de 2 anos no Litoral Norte de SC

A mãe e uma irmã de 5 anos também ficaram feridas e estão no hospital

Cidades

Prefeito de Florianópolis é acusado de estupro por ex-servidora e alega “armação eleitoral”

A ex-funcionária relata que os abusos teriam iniciado no ano de 2017, o prefeito diz que foi um relacionamento consensual

Cidades

Vaquinha arrecada dinheiro para criança atropelada por moto em Camboriú

A família pede ajuda financeira e de materiais para o uso da menina

Mais notícias