keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Dia da Música traz à tona a importância dessa arte para a infância

  Desenvolvimento cognitivo e emocional são alguns dos seus benefícios 

X

A música, cujo dia mundial é comemorado no domingo, 1º de outubro, é um tipo de linguagem universal que está presente de forma marcante, no cotidiano ou em momentos especiais. Criada pela UNESCO em 1975, a data surgiu com o objetivo de promover a paz e a amizade entre os povos com o auxílio da música.

Para Bárbara Damásio, comunicadora social com especialização em Educação Musical, a música é parte importante do desenvolvimento do ser humano desde a primeira infância. Esta “ferramenta” ajuda no desenvolvimento cognitivo de bebês e crianças, além de trabalhar as questões relacionadas à sociabilidade e afetividade, até o desenvolvimento da percepção, o senso rítmico e a autonomia.

Como educadora musical e gerente de projetos de música e cidadania, ela trabalha na musicalização de crianças na escola e associação Proarte de Música, de Itajaí. Lá, a partir de 1 ano e 7 meses até os seis anos, em roda, as crianças manuseiam os instrumentos musicais, descobrem os sons, identificam as diferenças de timbres, dançam, cantam, trabalham a expressão corporal e vocal, através de diferentes propostas pedagógicas que tem como conteúdo, as propriedades do som e a formação de repertório.

Nesse processo de percepção musical com a possibilidade de fazer música, os instrumentos musicais são muito importantes. “Ainda que o corpo seja um instrumento em potencial no trabalho de percepção, nas aulas, uso o violão, o piano e instrumentos de percussão como apoio nesta construção”, aponta.

 

Benefícios

 

São vários os benefícios da musicalização infantil como o aumento da capacidade de memória, o desenvolvimento da capacidade motora, visual e da acuidade auditiva, além de aguçar a concentração e o raciocínio. A empresária Kariny Brum, da loja Eureka, especializada em brinquedos educativos e criativos, investe em uma seleção diferenciada para despertar o interesse do seu público. Desde o Ukulele – violão havaiano – passando pelo piano, bateria, gaitas, castanholas, tambores e apitos que imitam sons de animais, todos modelos com tamanho específicos para crianças, estão ao alcance dos pequenos por toda loja.

 

“A data é uma forma de despertar o interesse para a importância da musicalização infantil. Os instrumentos são uma excelente forma de atrair as crianças para esse universo lúdico da música e das artes e ajudam no desenvolvimento intelectual em todas as idades”, indica Kariny. A loja irá patrocinar o 10º Musiclin in Concert, evento que mostrará os talentos da escola de música Musiclin no dia 20 de outubro.

Criatividade e educação

 

Especializada em brinquedos de madeira, criativos, educativos e pedagócios, com uma pegada sustentável, a seleção da Eureka Brinquedos Criativos conta com a curadoria do casal de empresários Kariny e Marcelo Brum, que assumiram há alguns meses a loja que completa cinco anos em novembro. Localizada na rua 100, 52, no centro de Balneário Camboriú, traz brinquedos que agradam a faixa etária dos 0 aos 99 anos e remetem à infância de outra época.

São produtos pedagógicos com a função de divertir e estimular a imaginação e a cabecinha dos pequenos e, dos nem tão pequenos assim. “São brinquedos para a família toda brincar e interagir”, explica a dupla. A loja conta com uma gama variada e diversas linhas de artigos educativos, científicos e robóticos pensados para o desenvolvimento físico, cognitivo, da linguagem, afetivo e social. Para mais informações sobre a loja acesse o site: www.eurekabrinquedos.com ou pelo telefone (47) 3398-0106.

Cidades

Frigorífico da Grande Florianópolis aproveitava carnes vencidas em produtos processados e embutidos

A Polícia Civil de Biguaçu, na Grande Florianópolis, abriu inquérito para investigar um frigorífico que utilizava carnes vencidas em alimentos processados. O estabelecimento foi fiscalizado e autuado pela Vigilância Sanitária da cidade em uma ação […]

Cidades

Secretaria da Agricultura interdita cultivos de ostras e mexilhões da Ponta de Baixo, em São José

Está proibido retirar e comercializar ostras, mexilhões, vieiras, berbigões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia dessa área

Cidades

Itajaí é a cidade com os imóveis de maior valorização do Brasil

Variação mensal do preço de venda de imóveis residenciais foi de 1,56% em março

Cidades

Prefeito de Itapoá visita Porto Belo para conhecer Leis e Projetos

O objetivo da visita foi conhecer os projetos futuros e obras custeadas por outorga onerosa, regulamentada em Porto Belo através da Lei Complementar 42/2012

Cidades

Audiência Pública discute LDO e PPA em Porto Belo

A Lei de Diretrizes Orçamentárias, - LDO, estabelece as metas e prioridades da Administração Pública para o exercício financeiro seguinte, orientando a elaboração e execução do Orçamento

Mais notícias

Segurança

Vídeo: Motorista embriagado causa engavetamento na BR-101

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Corpo de Bombeiros Voluntários atenderam a ocorrência