keyboard_backspace

Página Inicial

Política

Deputados votam impeachment de Carlos Moisés a partir das 15 horas

Governador é acusado de envolvimento no caso da compra fraudulenta de 200 respiradores para atender demanda da Covid-19

X

O 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro de Nadal (MDB), convocou sessão extraordinária para a tarde desta quinta-feira (15), a partir das 15 horas. A convocação foi anunciada ao final da sessão ordinária da manhã desta quinta.

Na sessão desta tarde, deve ser discutido e votado o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 11/2020, que trata do segundo pedido de impeachment do governador Carlos Moisés da Silva (PSL), referente à aquisição dos respiradores da Veigamed, a instalação do hospital de campanha de Itajaí, entre outras supostas irregularidades.

O PDL autoriza a instauração de um segundo processo por crime de responsabilidade contra Moisés. O procedimento é necessário para que a tramitação do impeachment tenha prosseguimento. Para isso, o PDL precisa ter ser aprovado com pelo menos 27 votos favoráveis (2/3 dos deputados).

Conforme o texto do projeto, o chefe do Executivo estadual é suspeito, com base na Lei 1.079/1950 (Lei do Impeachment), de não tornar efetiva a responsabilidade dos seus subordinados, quando manifesta em delitos funcionais ou na prática de atos contrários à Constituição (artigo 9º, 3); de proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decôro do cargo (artigo 9º, 7); e ordenar despesas não autorizadas por lei ou sem observância das prescrições legais relativas às normas (artigo 11, 1).

Fonte: Alesc

Política

Reajuste de contas de luz, água, gás e esgoto está proibido em Santa Catarina

No Plenário, 29 deputados votaram pela rejeição e dois pela manutenção do veto

Política

Carlos Moisés prestou depoimento à Polícia Federal no caso dos respiradores

A defesa de Moisés acredita que, após este depoimento, o MPF possa pedir o arquivamento do processo

Política

Apesar do afastamento, Moisés segue na Casa D’Agronômica recebendo R$10 mil mensais

Moisés ficará até 180 dias sem compromissos e trabalhos como governador

Política

Governador Moisés diz confiar na Justiça e que processo de impeachment será arquivado

Afastamento temporário das funções pode se estender por um prazo de até 180 dias

Política

Conheça a primeira mulher que será governadora de SC

Daniela assume na próxima terça-feira (27) o governo do Estado

Mais notícias