keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Comitê Gestor apresenta diagnóstico ambiental para o Programa Bandeira Azul na Praia de Taquaras

X

O Comitê Gestor do Programa Bandeira Azul concluiu o levantamento da infraestrutura e qualidade ambiental da Praia da Taquaras. O diagnóstico, apresentado na terça-feira (24),  aponta o que deve ser feito para que a praia possa hastear a Bandeira Azul até final de 2018. As praias de Taquaras, Estaleiro e Estaleirinho estão inscritas na fase piloto do Bandeira Azul, que é um programa internacional de certificação ambiental para praias e marinas.

O diagnóstico começou por Taquaras e, em breve, será realizado no Estaleiro. Formado por representantes dos poderes executivo e legislativo, setores privados, entidades de classe, sociedade civil organizada, Ongs e comunidade em geral, o comitê gestor identificou a infraestrutura existente e o que precisa ser implantado para o cumprimento dos critérios do programa.

Na categoria segurança, a equipe constatou, entre outras questões, a necessidade de instalação de mais um posto salva-vidas em Taquaras. Atualmente, o local tem um posto só. Com relação a acessos à praia, o ideal é que houvesse uma passarela a cada 100 metros. Na parte da limpeza, a equipe apontou que os recipientes de lixo, atualmente configurados como armações de ferro com sacolas plásticas, sejam substituídos por contentores de plásticos. Também foi indicada a necessidade de separação do lixo reciclável. Na categoria informação e educação ambiental, Taquaras conta hoje com três ações. O comitê identificou que mais duas atividades de educação ambiental teriam de ser desenvolvidas.

O levantamento indicou ainda a importância de se recuperar a restinga do sul da praia, próxima a bares e restaurantes. “O resultado do início do trabalho de campo mostra que estamos avançando. Nosso próximo passo será o mesmo levantamento no Estaleiro e, depois, Estaleirinho”, disse o secretário do Meio Ambiente, Ike Gevaerd.

Com o apoio do Ministério Público Estadual, o município vai instalar na praia placas informativas sobre o Bandeira Azul e o código de conduta aos usuários. O código foi apresentado na reunião do comitê e proíbe a presença de animais domésticos, o estacionamento ou circulação de veículos na areia, a publicidade, e estabelece outras regras.

Programa Bandeira Azul

O Programa Bandeira Azul é uma iniciativa da Foundation for Environmental Education (FEE) – Fundação para Educação Ambiental e conta com apoio de instituições internacionais. No Brasil, é operado pelo Instituto Ambientes em Rede, com sede em Florianópolis.

O programa está pautado em quatro grandes áreas que definirão as praias como ecologicamente corretas: Educação Ambiental e Informação, Saneamento/Qualidade das Águas, Segurança e Serviço e Gestão Ambiental.
 

Cidades

Mulher de 37 anos está desaparecida há 10 dias em Balneário Camboriú

Aline reside com a família no bairro das Nações, na cidade de Balneário Camboriú

Cidades

“A gente só sossega quando vê nosso filho na frente”, mãe faz apelo por filho desaparecido há 15 dias em Camboriú

Qualquer informação sobre Thieres pode ser repassada para o Núcleo de desaparecidos pelo 47 9 8447 6768 ou para a mãe do rapaz pelo 47 9 9188 5114

Cidades

Moradora de Tijucas está desaparecida há uma semana depois de sair de casa e deixar três filhos menores de idades

Qualquer informação sobre a moradora de Tijucas pode ser repassada para os telefones 48 9 9802 9137 ou 48 9 9814 4229

Cidades

Adolescente de 12 anos está desaparecida há quase uma semana em Porto Belo

Qualquer informação sobre o paradeiro de Taís pode ser repassada para Antônia Machado de Lara pelo telefone (47) 9 9927 2764

Cidades

Florianópolis anuncia cancelamento de festa de Réveillon na Beria-Mar Norte

Dinheiro que seria usado nos fogos será investido em cursos de capacitação profissional

Mais notícias