keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Comércio catarinense vê sinais de otimismo no horizonte

As vendas no varejo de Santa Catarina para o dia das crianças registraram aumento de 2,90% em relação ao ano anterior

X
Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Por Ivan Tauffer, presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC)

O crescimento nas vendas registrado no dia das crianças, o impulso do e-commerce para a Black Friday agora em novembro e, enfim, o Natal são notícias que permitem olhar com otimismo para os últimos meses de 2020. Sem nunca descuidar das importantes medidas sanitárias para conter a pandemia do Coronavírus, o comércio catarinense vive sinais de uma retomada. Desde o início do ano a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC) lançou campanhas como ‘Comércio Consciente’, disseminando a importância das práticas que podem preservar a saúde dos envolvidos, e ‘A gente se reinventa’, para estimular o comércio local e fomentar a economia de cada município. E os resultados aparecem.

As vendas no varejo de Santa Catarina para o dia das crianças registraram aumento de 2,90% em relação ao ano anterior, desempenho beneficiado por fatores como liberação do auxílio emergencial, a redução da taxa de desemprego e a taxa de juros baixa. Em novembro, o setor é impulsionado pela Black Friday, tradição internacional que foi incorporada pelo varejo brasileiro e que neste ano será no dia 27, quando as lojas de diferentes segmentos preparam promoções e descontos especiais para limpar os estoques para o Natal.

Em Santa Catarina, a data terá o apoio da plataforma QCompras, uma vitrine virtual lançada pela FCDL/SC para divulgar ofertas e promoções do varejo de cada município. Com um cadastro gratuito, a loja pode divulgar seus produtos, serviços e promoções e receber pedidos dos clientes. Para o consumidor, o acesso é via o site da CDL local. A ferramenta é uma alternativa diante do cenário de pandemia da Covid-19, em que o ambiente de compras virtuais ganhou mais adeptos. Entre janeiro e maio, o e-commerce no país cresceu 60%. Hoje, representa 5,8% do varejo brasileiro e a expectativa é que chegue a 8% até o fim do ano.

Nossas iniciativas ao longo desses últimos meses foram frutos de muitos debates, análises técnicas e discussões coletivas, permitindo que a retomada à vida normal seja viabilizada com o menor desgaste possível. Depois da reação demonstrada, a meta é chegar ao Natal com ainda mais otimismo e esperança.

Fonte: Visor Notícias

Economia

Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV

Índice cresceu 1,9 ponto de outubro para novembro deste ano

Economia

Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos no melhor outubro da história

Santa Catarina apresenta novamente números expressivos na geração de empregos formais. O Estado teve um saldo positivo de 32.911 vagas em outubro, o melhor desempenho para o mês desde 2004, início da série histórica. Além […]

Economia

Santa Catarina disponibiliza R$ 21 milhões para minimizar os efeitos da estiagem

Os produtores rurais de Santa Catarina contam com programas especiais para o enfrentamento da estiagem. A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural disponibiliza R$ 21 milhões para essas novas linhas […]

Economia

Depois de não ter nenhum interessado, governo do anuncia mudanças na concessão do centreventos de BC

Apesar do resultado, o presidente da Santur, Leandro Mané Ferrari, ressalta que, desde que foi reaberto, em 14 de setembro deste ano, houve uma grande procura pelo edital

Mais notícias