keyboard_backspace

Página Inicial

Política

Bolsonaro tenta espaço eleitoral na Bahia para 2022

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília

Foto; Divulgação

Roma leva oposição ao Palácio

A Bahia tem 11 milhões de eleitores, e isso pesa muito na balança da disputa ao Palácio do Planalto. Foi por isso que o presidente Jair Bolsonaro, de olho no Estado controlado pelo PT desde 2003, chamou o deputado João Roma para ministro da Cidadania. Carlista por formação, Roma – rompido com ACM Neto – tem usado a agenda de telefones para levar ao Planalto gente do centro e da oposição da Bahia. Passaram pelo Palácio deputados baianos do PDT (Alex Santana) ao DEM (Arthur Maia, semana passada) para um frente a frente com o presidente do País.

Interlocução

Apostando em baixas nas futuras coalizões, Bolsonaro abusa da interlocução de Roma para ganhar apoiadores no varejo como cabos eleitorais. Num Estado onde reina o ex-presidente Lula da Silva.

Pressão

O PT já sentiu a pressão. Jaques Wagner balança em assumir a candidatura ao Palácio de Ondina. E o PT pode abrir caminho para um candidato do PP, do ministro Ciro Nogueira.

Apostas

Não haverá guerra por territórios no Rio de Janeiro em caso de legalização dos jogos de azar. Famílias dos bicheiros já se entenderam sobre os territórios nos bairros e Baixada. E querem a regularização. A turma agora mira mais alto: as apostas esportivas online.

Jogo eleitoral

Presidente da Câmara, o ex-baixo clero Arthur Lira (PP-AL) pavimenta com a ajuda de Bolsonaro a sua candidatura a governador de Alagoas em 2026. O plano segue cronograma de afagos verbais, regimentais e financeiros. O mútuo jogo eleitoral é evidente.

Codevasf

Bolsonaro enche o cofre da famigerada Codevasf – onde um primo de Lira, João José Pereira Filho, dá as cartas. E o deputado viaja pelo interior de Alagoas, patrocinando prefeitos com dinheiro da União. Na contrapartida, Lira ajuda o ex-colega de plenário a se manter no Palácio. Já mandou engavetar todos os pedidos de impeachment contra Bolsonaro. E pauta a Casa com demandas do governo.

Barreiras sanitárias

Um exemplo de como a alfândega sanitária vai muito mal na América Latina. O deputado Filipe Barros (PSL-PR) tentou enviar correspondência para Assunção, no Paraguai, pelos Correios. A surpresa veio de imediato: a remessa de encomendas está paralisada para países da América do Sul por causa do Covid-19. Mas aceitam para EUA e Europa.

Compre a vacina, man 

Quem acompanha o diálogo garante que o premiê Boris Johnson, do Reino Unido, faz lobby para que o governo do Brasil compre mais vacina do britânico Zeneca Group. Ele e Bolsonaro se falaram no dia 3 de março. A vacina tem sócio brasileiro.

Trancoso: cinco aeroportos

Não é só o charme que fez de Trancoso o point de verão de endinheirados. O distrito a 25 km de Porto Seguro, Sul da Bahia, lança dois condomínios de luxo por ano. A região vai ganhar seu quinto aeroporto num raio de apenas 50 km. Não há cenário igual em outro balneário da América do Sul.

Internacional

Além do atual, de Porto, a cidade terá em cinco anos o novo terminal internacional, via PPP. Os condomínios Terravista e Outeiro das Brisas já abrigam duas pistas (de asfalto e cascalho) para jatos e bimotores. E o hotel Fasano, na praia de Itapororoca, vai pavimentar sua pista em terras perto da entrada da vila praiana.

Orlando Brito

Ele é incomparável. Brasília e o Brasil sentirão a falta de seus registros fotográficos. Orlando Brito era um eterno repórter, mantinha rotina de aprendiz apesar dos 55 anos de experiência. Onde havia um fato, lá estava.

A batalha dos assentos

Rafael Vitale, diretor de fiscalização da Agência Nacional de Transportes Terrestres, foi cercado pelo MP Federal para se explicar sobre a atuação em relação a startups de aluguel de ônibus. O avanço do setor irritou a turma que fatura alto nas rodoviárias. O clima é tenso. Apareceu segunda-feira, 7, um carro da PF rondando a ANTT.

Desastre

Petrópolis (RJ) continua um caos, paralisada, e servidores na rua em assistência social ou em home office. Depois da limpeza virá a burocracia da nova gestão, que assumiu após guerra de liminares na Justiça. O caos foi tanto que, por duas semanas, 90% dos guinchos das seguradoras da capital foram enviados para sinistros na serra.

Peregrinação por Zé     

O Brasil inegavelmente é um país religioso. A jarra com cinzas do ex-vice-presidente José Alencar, na matriz da pequena Itamuri (MG), tornou-se ponto de oração e peregrinação.

Saldo canta, povo paga

Os eventos populares voltam aos calendários de prefeituras. Fruta do Leite (PR) contratou duas duplas sertanejas: Teodoro & Sampaio (R$ 90 mil) e Matogrosso & Matias (R$ 120 mil) para a festa da cidade.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Política

Lei deve multar homens que praticarem violência doméstica em Itapema

A lei visa diminuir os números de agressões em Itapema, garantir proteção às vítimas e punir os autores dos ataques

Política

João Doria desiste da pré-candidatura à Presidência; ‘Com coração ferido e alma leve’

Tucano enfrentava resistências no PSDB e de partidos da terceira via

Política

Lula deve chegar em Santa Catarina para campanha no começo de junho

A viagem de Lula para o Sul do Brasil estava prevista para maio, mas o casamento do ex-presidente modificou a agenda

Mais notícias