keyboard_backspace

Página Inicial

Esportes

Almirante Barroso apresenta novo técnico para a segundona do Estadual

Técnico e diretoria do clube fazem trabalho de inteligência para montar uma boa equipe

Faltando menos de 4 meses para o início das disputas da Série B do Campeonato Catarinense 2018, o Clube Náutico Almirante Barroso, de Itajaí, já inicia o planejamento e a montagem da equipe para esse novo desafio. A primeira novidade é a chegada do técnico Agnaldo Liz, que negociava sua vinda desde outubro do ano passado. “Sou muito competitivo e decidi assumir, pois busco os mesmos objetivos que o Clube. Encontrei afinidades com a direção do Barroso e, juntos, queremos alcançar bons resultados no futebol do estado”, diz o treinador.

Agnaldo Liz está elaborando um plano de trabalho, nele vai constar um conjunto de ações que envolvem a contratação de toda a equipe, desde os atletas até a comissão técnica. “Prezo muito pelo bom funcionamento de todo a estrutura. Porteiros, massagistas… todos devem estar juntos, pensando na sintonia e no bem clube. Qualquer situação negativa pode atrapalhar o desempenho da equipe”, afirma Agnaldo Liz.

Esse é o mesmo pensamento do presidente de futebol do Barroso, Hudson Moura, que também aposta no entrosamento dos colaboradores: “A gente faz um trabalho em equipe. E pensei no Agnaldo Liz pela seriedade. Ele tem perspectivas de crescimento, pensamentos de projeção do Clube, o que demostrou afinidade perante o nosso trabalho”.

Enquanto isso, diretoria e técnico seguem com o trabalho de “inteligência” para definições da equipe, mas ainda precisam aguardar a decisão da Federação Catarinense de Futebol, no que se refere ao regulamento que vai estabelecer as regras para contratação dos jogadores. 

Os jogos da segunda divisão do Catarinense terão 10 equipes e iniciam no dia 3 de junho de 2018.

 

SOBRE O TÉCNICO AGNALDO LIZ

Agnaldo Liz, catarinense, ainda tem Souza no seu sobrenome. Passou pelos mais importantes clubes do país e precisou eliminar o Souza, já que havia outros jogadores com o mesmo nome. Começou a jogar com apenas 9 anos de idade e, aos 18, já era jogador profissional. Atuou como meio-campo e quarto zagueiro, percorrendo clubes de renome como Flamengo, Grêmio e Fluminense. Encerrou as atividades como jogador em 2003, aos 33 anos de idade, no Clube Atlético Lages, onde, em seguida,  já iniciou os estudos para se tornar treinador. Nesse período de “estágio”, esteve nos maiores clubes brasileiros adquirindo experiência e conhecimento. Em 2004 já atuava como técnico e acumula títulos que conquistou a frente dos times, como o Vitória, quando foi campeão baiano. Em Santa Catarina, como treinador, conseguiu levar o Atlético Tubarão a 1ª divisão, em 2005. Sua mais recente passagem foi pelo Hercílio Luz Futebol Clube, onde teve a honra de treinar o time que conquistou a sonhada vaga na elite do campeonato catarinense. 

 

Esportes

Chapecoense interrompe atividades da base após avanço da covid-19

Time catarinense toma medida para evitar contágio de jogadores

Esportes

Mesmo com multas, torcedores do Flamengo fizeram aglomeração no Rio

Fiscalização aplicou 25 multas na noite de ontem durante jogo

Esportes

Festival de windsurf é cancelado em Balneário Piçarras

O decreto estadual suspendeu muitas atividades para conter o avanço da doença e isso inclui atividades esportivas

Esportes

Pai dos goleiros Alisson e Muriel morre após mergulhar em barragem no RS

José Agostinho Becker, de 57 anos, desapareceu no final da tarde de quarta (24)

Esportes

Vôlei de Itapema tem bons resultados no final de semana

Cristiane e Micaela ficaram em terceiro lugar na copa Aprov de Vôlei de Praia

Mais notícias

Coronavírus

Santa Catarina entra em lockdown; veja o que está proibido neste fim de semana

Santa Catarina entra em lockdown a partir das 23h desta sexta-feira (5) até às 6h de segunda (8)

Coronavírus

MPSC requer proibição de eventos e indenização por danos morais coletivos por realização de bailes em Barra Velha

Mesmo após autuações da Vigilância Sanitária e da Polícia Militar, eventos com bandas são promovidos na Sociedade Mar Azul desrespeitando as regras de combate à pandemia.