keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Sinduscon completa 30 contribuindo para um mercado milionário e responsável por mais de seis mil empregos

Responsável por um mercado que movimenta milhões de reais anualmente e emprega diretamente mais de seis mil pessoas, a construção civil de Itapema, Porto Belo e Bombinhas é a principal mola propulsora da economia na […]

Responsável por um mercado que movimenta milhões de reais anualmente e emprega diretamente mais de seis mil pessoas, a construção civil de Itapema, Porto Belo e Bombinhas é a principal mola propulsora da economia na região. Este ano, celebra os 30 anos de sua entidade representativa – o Sinduscon Costa Esmeralda – que congrega os empresários do setor e atua na defesa de seus interesses e do desenvolvimento das cidades que representa. Fundado em agosto de 1992, o Sinduscon tem uma trajetória de conquistas expressivas e ocupa, hoje, espaço de destaque no cenário nacional.

Estas três décadas acumulam capítulos marcados por muito trabalho, doação, associativismo e luta. Um episódio especial, que acabou representando um terço da história do sindicato, merece destaque e remete a 2009, quando o empresário João Formento foi eleito presidente da entidade. Estava dado o passo que transformaria a trajetória do Sinduscon, alçando o sindicato a um novo patamar de representação.

Com excelente trabalho realizado pelas diretorias anteriores, o Sinduscon que Formento assumiu já havia trilhado um caminho excepcional até então, de avanços expressivos, organização e conquistas valorosas ao setor. Acreditando que a entidade estava pronta para voar mais alto, ele apostou em ampliar a atuação e participação do sindicato no cenário econômico e social. Esta transformação passou pela troca de nome, que até então chamava-se “Sinduscon de Itapema”, para “Sinduscon Costa Esmeralda”, sendo mais fiel à sua base territorial composta também por Porto Belo e Bombinhas. Com isso, promoveu maior aproximação com os empresários da construção estabelecidos nestas cidades, tendo por resultado a ampliação – ao longo do tempo – em mais de 100% no número de associados.

ABRINDO NOVAS PORTAS

Com maior representatividade, o momento foi de ampliar as conexões e posicionar a construção civil da região nos cenários estadual e nacional. Formento filiou o Sinduscon à FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina) e à CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) e começou a colher os frutos de um relacionamento em esferas mais elevadas, o que trouxe inúmeros ganhos. “Dentro destas instituições, tivemos a oportunidade de conhecer novas pessoas, ter acesso a informações importantes para o setor, abrir canais de diálogo não somente com as esferas político-partidárias, mas também junto ao comando de entidades intervenientes à nossa área de atuação”, relembra. As demandas, assim como as contribuições em aspectos técnicos, foram favorecidas, estabelecendo em definitivo a participação do Sinduscon Costa Esmeralda nos debates e decisões que afetavam o setor localmente e em Santa Catarina.

Comparecendo com frequência às reuniões da FIESC na capital, Formento foi eleito presidente da Câmara Catarinense da Indústria da Construção (CDIC) e, posteriormente, diretor da FIESC, cargo que ocupa até hoje. Outras importantes conquistas na sua gestão conduziram o Sinduscon aos patamares de representatividade que atualmente desfruta. Entre elas, a ampliação significativa na oferta de serviços aos empresários associados, tendo na parceria firmada com o Sesi um passo decisivo nesta área, bem como a conquista da nova sede.

Em 2016, João Formento e sua Diretoria entenderam que era momento de dotar o Sinduscon de espaço mais amplo, moderno e devidamente alinhado com os novos propósitos da instituição. Uma nova sede foi idealizada, com recursos tecnológicos e espaços adequados para realização de reuniões, cursos e treinamentos, recepção, área gourmet, sanitários com acessibilidade e salas para atendimento de serviços na área da saúde e segurança do trabalho – destinadas ao seu novo parceiro, o Sesi, e mudando em definitivo a história do sindicato.

DETERMINAÇÃO, CONFIANÇA E FAMÍLIA

Nascido em Tijucas e criado em Lages, Formento conheceu cedo o significado das palavras ‘trabalho’, ‘dedicação’ e ‘confiança’. Começou a trabalhar aos 13 anos como engraxate, vendeu desde cocada em jogo de futebol a roupas em serrarias, e teve na figura materna sua principal inspiração. Mulher de fibra, ensinou Formento e os outros seis filhos o valor do trabalho. “Cresci num ambiente humilde, onde compreendemos que para conquistar algo precisaríamos empenhar nossa dedicação, não desanimar diante dos desafios e agir de forma correta para conquistar a confiança das pessoas, porque sem honestidade não há boas parcerias. Sem parcerias não há continuidade, e sozinhos não chegamos a lugar algum”, resume.

Aos 18 anos, prestou concurso para uma empresa nacional de telecomunicações, onde fez carreira por 25 anos. Relembra que ao receber o primeiro salário – algo como dois salários mínimos nos dias de hoje – ficou muito feliz pois nunca havia visto tanto dinheiro. “Fui pra um local reservado na empresa e comecei a pular de alegria, mas como sempre fui alto, acabei rachando a cabeça no teto. Então os colegas perguntavam o que houve e eu tinha vergonha de contar”, recorda, divertindo-se. Os anos passaram, ele se casou, entrou para a universidade, concluiu duas graduações, tornou-se empresário, pai de três filhos e construiu sua própria história de sucesso.

Hoje, aos 65 anos de idade, 23 deles dedicados à construção civil em Itapema – cidade que escolheu para empreender, viver e firmar raízes, Formento é proprietário de uma das grandes construtoras que promovem o desenvolvimento imobiliário da região, responsável pela geração de mais de 300 empregos diretos e 17 empreendimentos com 22 torres residenciais já entregues. “A prosperidade nos negócios veio com o relacionamento junto aos nossos clientes, pautado na lisura, na segurança dos contratos sempre cumpridos, e em relações duradouras… que só sobrevivem ao tempo quando estabelecemos verdadeiros laços de confiança”, completa.

Neste cenário onde desempenha tantos papéis, ele também encontra tempo para ser pai, amigo e companheiro. Vascaíno de coração, tem no futebol seu esporte favorito e exibe com orgulho a condecoração recebida pela marca dos mil gols alcançados ao longo dos muitos anos que jogou futebol – um dos seus hobbies favoritos. Perguntado o que guarda no coração, ele resume: “O amor pela minha família, pelo Vasco da Gama e sonhos, ainda muitos sonhos por realizar”, finaliza.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Economia

Gasolina será vendida a R$4,99 o litro em postos de Santa Catarina esta semana

O Dia do Imposto Zero acontece em todo país nesta época do ano

Economia

Preço do diesel nos postos marca novo recorde; gasolina recua

Preço médio do litro do diesel no país foi de 6,943 nesta semana, renovando o maior valor nominal desde que a ANP passou a fazer levantamento semanal de preços, em 2004

Economia

Agronegócio registra superávit de US$ 43,7 bilhões até abril

Apenas no mês de abril, o agronegócio exportou US$ 14,9 bilhões

Economia

BRDE busca ampliação de recursos de fomento junto ao Ministério do Turismo

Durante o encontro, a comitiva ressaltou a importância do repasse de R$ 300 milhões para aplicar nos três Estados do Sul

Economia

Oportunidades de negócios em SC são apresentadas para 30 países

SC Day foi realizado na Embaixada de Portugal, em Brasília

Mais notícias