keyboard_backspace

Página Inicial

Utilidade Pública

Presidente da AMFRI participa de reunião com Governador para discutir cenário atual da covid-19

O objetivo do encontro foi avaliar as últimas medidas do enfrentamento à pandemia em Santa Catarina, apresentar os resultados obtidos com as últimas ações e criar novas medidas para enfrentar a pandemia

Foto: Divulgação

O Presidente da AMFRI e Prefeito de Porto Belo, Emerson Stein, participou da reunião virtual na manhã desta quarta-feira (10), entre Governo do Estado, prefeitos das maiores cidades catarinenses, presidentes das associações dos municípios, representantes da Federação Catarinense de Municípios, da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina e demais secretários do Estado. O objetivo do encontro foi avaliar as últimas medidas do enfrentamento à pandemia em Santa Catarina, apresentar os resultados obtidos com as últimas ações e criar novas medidas para enfrentar a pandemia, uma vez que o decreto estadual que determinou lockdown nos dois últimos finais de semana terminou na segunda-feira (8).

Considerando a proposta do Governo do Estado, ao fim da reunião, ficou definido que se mantém as restrições, sem lockdown total. Das 23h de sexta-feira (12) até às 6h de segunda-feira (15), somente serviços e atividades estritamente necessários funcionarão. Além disso, a proibição de fornecimento com consumo no local de bebidas alcoólicas das 21h até às 6h e a prorrogação do uso de efetivo de 500 policiais exclusivamente para a fiscalização das medidas sanitárias são previstas em decreto.

Além destas ações, o modelo apresentado aos gestores municipais prevê a partir de sexta-feira (12) até a próxima sexta (19) – ressalvado o fim de semana – a limitação de funcionamento de uma série de atividades por limite de ocupação até 25% e atendimento ao público das 6h até as 23h59. No transporte coletivo haverá limitação de 50% da ocupação do veículo. O funcionamento de casas noturnas, realização de shows, além de qualquer tipo de aglomeração de pessoas continuam proibidos.

O presidente da AMFRI, em sua explanação, levantou a situação preocupante na região da AMFRI. “Muitas pessoas ainda vêm para as casas de veraneio nos municípios da nossa região, mesmo com o lockdown nos últimos dois finais de semana. Infelizmente, desta forma, as cidades do litoral tendem a sofrer mais”, frisou Emerson, destacando ainda que os prefeitos da região são contra o lockdown total.

“Cobramos ainda o que foi acordado na semana passada em reunião com os prefeitos da AMFRI e representantes do Governo: mais leitos de UTI e retaguarda na nossa região. Dos 60 leitos prometidos, apenas 30 leitos foram abertos. É com caráter de urgência que solicitamos ao governo para que faça o quanto antes a habilitação desses leitos na nossa região”, diz, ressaltando ainda a importância de trabalhar a conscientização da população e na fiscalização constante dos estabelecimentos.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Utilidade Pública

Consulta ao décimo terceiro do INSS está aberta

Primeira parcela começa a ser paga na próxima segunda-feira

Utilidade Pública

Começa hoje prazo para pedir isenção no Enem

Solicitação pode ser feita até 15 de abril

Utilidade Pública

Novas regras previstas em MP regulamentam o trabalho remoto

Medida provisória foi publicada na última segunda-feira (28)

Utilidade Pública

Conheça os principais golpes cibernéticos e saiba como se proteger

Perfis falsos, roubos de contas e softwares piratas fazem parte da estratégia utilizada por cibercriminosos

Utilidade Pública

Águas de Camboriú orienta beber somente água tratada

Para ter garantia de que a água é potável, são necessárias análises que atestem a qualidade

Mais notícias

Segurança

Homem que matou mulher e filho envenenados em Itapema é condenado a 53 anos de prisão

O julgamento ocorreu no Tribunal do Júri da Comarca de Itapema

Cidades

Bisneto de Nelson Mandela se torna voluntário durante passagem por Florianópolis

Siyabuela Mandela visitou o projeto Bairro Educador e cortou o cabelo na Passarela da Cidadania.