keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Papa acaba com privilégios judiciais para cardeais e bispos

"Isto decido e estabeleço, não obstante qualquer disposição contrária", conclui o documento, que entrará em vigor um dia depois da publicação no L`Osservatore Romano.

X
Foto: Reuters – Remo Casili

O papa Francisco emitiu hoje um “motu proprio” (documento pontifício) em que submete bispos e cardeais à Justiça ordinária do Vaticano em eventuais julgamentos, que até agora eram da competência do Tribunal Supremo. O texto modifica a competência dos órgãos jurídicos do Estado do Vaticano, com o objetivo de “igualdade” no momento de se “fazer justiça”, tal como o papa tinha anunciado na abertura do Ano Judicial.

“A exigência prioritária é a de que, por meio de mudanças normativas oportunas do sistema processual vigente, emerja a igualdade de todos os membros da Igreja e a sua igual dignidade e posição, sem privilégios que remontam no tempo e que já não estão consoantes com as responsabilidade de cada um na aedificatio Ecclesiae (contrução da Igreja)”, defendeu o papa.

Nesse sentido, o “motu proprio” diz que na atualidade “é preciso exigência” na modificação do ordenamento jurídico do Estado do Vaticano. para “assegurar a todos um juízo articulado e com mais graus” e “em linha” com os sistemas judiciais internacionais “mais avançados”.

As medidas alteram a Lei CCLI, que regula o sistema judicial do Vaticano. A primeira modificação é a do Artigo 6, que dota a Justiça ordinária de capacidade em processos de cardeais e bispos, “com prévio assentimento do Sumo Pontífice”. Mesmo assim, há uma série de exceções estabelecidas no Artigo 1.410 do Código de Direito Canônico: “As causas que se referem a questões espirituais ou inerentes a elas”, ou “a violação das leis eclesiásticas e de tudo o que contenha razão de pecado”.

A segunda mudança é a revogação do Artigo 24 da lei, pelo qual “o Tribunal Supremo é a única instância competente para julgar, com o consentimento do Sumo Pontífice, os cardeais e bispos nos processos penais”. Assim, o papa acaba com um “privilégio” até agora reservados aos mais altos cargos do Vaticano.

“Isto decido e estabeleço, não obstante qualquer disposição contrária”, conclui o documento, que entrará em vigor um dia depois da publicação no L`Osservatore Romano.

Fonte: Agência Brasil

Geral

VÍDEO: Luta entre “homem-aranha e dinossauro” durante vacinação chama atenção em SC

Briga’ foi flagrada na noite de domingo (16), por um morador que havia levado o pai para vacinar

Geral

Animal nunca antes registrado no litoral catarinense é visto no mar de Laguna

No mesmo momento em que a raia foi vista, os pesquisadores também viram cinco baleias-jubarte e três toninhas

Geral

Acidente com cinco veículos deixa seis pessoas feridas em rodovia catarinense

A dinâmica do acidente não foram informadas, as equipes atenderam as vítimas feridas em três dos cinco veículos

Geral

Bondindinhos de BC são leiloados; Itapema ficou com um

Os moradores e visitantes de Balneário Camboriú conheciam muito bem os veículos coloridos que faziam o transporte entre Avenida Atlântica e Avenida Brasil

Geral

Projeto internacional de astronomia com participação da UFSC descobre estrela rara

O software desenvolvido, chamado Chimera, é gratuito, e está acessível em https://github.com/astroufsc/chimera.

Mais notícias

Geral

VÍDEO: Luta entre “homem-aranha e dinossauro” durante vacinação chama atenção em SC

Briga’ foi flagrada na noite de domingo (16), por um morador que havia levado o pai para vacinar

Segurança

Polícia recupera R$15 mil em mercadorias furtadas de hospedagem

A ação policial foi das Delegacias da Comarca de Ituporanga e do município de Vidal Ramos