keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Justiça impede candidato a vereador de usar nome ‘Bolsonaro’ na urna

O TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral) manteve a decisão que indeferiu o uso do nome “Bolsonaro” para a identificação na urna eletrônica de um candidato a vereador na cidade de Criciúma, no Sul de Santa Catarina. […]

X

O TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral) manteve a decisão que indeferiu o uso do nome “Bolsonaro” para a identificação na urna eletrônica de um candidato a vereador na cidade de Criciúma, no Sul de Santa Catarina. A sessão foi realizada, por videoconferência, na sexta-feira (23). O juiz relator foi o desembargador Fernando Carioni.

O candidato a vereador Renato Ari Rita (Patriota) recorreu da decisão do juiz Fabiano Antunes da Silva, da 10ª Zona Eleitoral, que tinha sentenciado que “o postulante não possui tal nome, apelido, ou tão pouco é assim conhecido, o que inviabiliza a utilização de tal nome na urna”, apontou o juiz na decisão.

Além disso, destacou que o uso do nome do presidente Bolsonaro traz a possibilidade de confusão ao eleitor quanto à correta identificação do candidato. O magistrado deferiu o registro de candidatura, porém com o nome de Renato Ari Rita.

Renato alegou que passou a ser chamado de “Bolsonaro”, há dois anos, por causa de sua participação nas últimas eleições”, momento no qual “realizou forte campanha ao atual presidente da República, motivo pelo que ficou conhecido pelo referido apelido”. Porém, o juiz relator destacou, em seu voto, que o apelido em questão também pode gerar dúvida quanto à identidade do candidato.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Tóquio: Simone Biles fatura bronze na trave no retorno à competição

A brasileira Flávia Saraiva teve uma falha logo no começo da apresentação e terminou em sétimo lugar com a nota 13,133.

Geral

Prato do festival Balneário Saboroso faz sucesso e restaurante decide manter menu especial por mais 15 dias

Prato é sucesso e procura é tão grande, que o restaurante prorrogou a promoção

Geral

Cientista inventa banheiro que transforma fezes humanas em criptomoeda

Os micro-organismos, então, quebram as fezes e o metano é canalizado para uma célula de combustível de óxido sólido, que se torna fonte de energia para vários aparelhos na escola, como o aquecedor de água ou o fogão a gás.

Geral

Município e Porto de Itajaí deverão ser ressarcidos em mais de R$ 3 milhões, decide Ministério Público

Valor inclui multas aplicadas em ação por ato de improbidade administrativa em virtude de fraude em dispensas de licitação.

Geral

Famílias atingidas pelas chuvas em Itajaí recebem auxílio de R$900 com dinheiro devolvido pela Câmara Municipal

Cartão alimentação foi adquirido com recursos da devolução do duodécimo da Câmara de Itajaí

Mais notícias

Economia

Seis em cada dez consumidores sofreram algum tipo de fraude financeira no último ano, aponta pesquisa

De acordo com o levantamento, 62% dos entrevistados se consideram uma pessoa mais preparada para evitar esse tipo de crime após ter sofrido uma fraude e 91% adotaram algum tipo de medida para evitar novas fraudes

Geral

Tóquio: Simone Biles fatura bronze na trave no retorno à competição

A brasileira Flávia Saraiva teve uma falha logo no começo da apresentação e terminou em sétimo lugar com a nota 13,133.