keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Justiça impede candidato a vereador de usar nome ‘Bolsonaro’ na urna

O TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral) manteve a decisão que indeferiu o uso do nome “Bolsonaro” para a identificação na urna eletrônica de um candidato a vereador na cidade de Criciúma, no Sul de Santa Catarina. […]

X

O TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral) manteve a decisão que indeferiu o uso do nome “Bolsonaro” para a identificação na urna eletrônica de um candidato a vereador na cidade de Criciúma, no Sul de Santa Catarina. A sessão foi realizada, por videoconferência, na sexta-feira (23). O juiz relator foi o desembargador Fernando Carioni.

O candidato a vereador Renato Ari Rita (Patriota) recorreu da decisão do juiz Fabiano Antunes da Silva, da 10ª Zona Eleitoral, que tinha sentenciado que “o postulante não possui tal nome, apelido, ou tão pouco é assim conhecido, o que inviabiliza a utilização de tal nome na urna”, apontou o juiz na decisão.

Além disso, destacou que o uso do nome do presidente Bolsonaro traz a possibilidade de confusão ao eleitor quanto à correta identificação do candidato. O magistrado deferiu o registro de candidatura, porém com o nome de Renato Ari Rita.

Renato alegou que passou a ser chamado de “Bolsonaro”, há dois anos, por causa de sua participação nas últimas eleições”, momento no qual “realizou forte campanha ao atual presidente da República, motivo pelo que ficou conhecido pelo referido apelido”. Porém, o juiz relator destacou, em seu voto, que o apelido em questão também pode gerar dúvida quanto à identidade do candidato.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Polícia prende cinco suspeitos de assalto milionário em SC

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) confirmou a prisão de cinco suspeitos do assalto milionário a superintendência regional do Banco do Brasil em Criciúma, na terça-feira (1º).

Geral

Defesa Civil emite alerta para risco muito alto de desastres nas próximas horas

A Defesa Civil de Santa Catarina emitiu alerta para o risco muito alto para desastres, como alagamentos, destelhamentos, deslizamentos e quedas de árvore. O comunicado vale para a tarde desta quarta-feira (2) até às 12h […]

Geral

Idosa mantém filho preso em apartamento durante 28 anos para “protegê-lo de perseguidores”

O Ministério Público disse em um comunicado que a investigação começou a partir de uma denúncia familiar

Geral

Polícia acredita que quadrilha que assaltou banco em Criciúma seja de São Paulo

A PCSC acredita que os criminosos integrem a mesma organização que comandou um assalto a banco na cidade de Araraquara, no interior de São Paulo, há uma semana

Mais notícias