keyboard_backspace

Página Inicial

Coronavírus

Britânica de 90 anos é a primeira pessoa no mundo a tomar a vacina contra a Covid-19

O Reino Unido iniciou nesta terça-feira (8) o plano de vacinação da população contra a covid-19

X
Jacob King / REUTERS

A britânica Margaret Keenan de 90 anos é a primeira pessoa no mundo a receber a vacina da Pfizer contra a Covid-19 fora de um ensaio clínico. A avó da Inglaterra recebeu a injeção no hospital da região onde mora na manhã de terça-feira (07).

Segundo a idoso, é um privilégio ser a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19. “É o melhor presente de aniversário que eu poderia desejar, porque significa que posso finalmente passar um tempo com minha família e amigos no Ano Novo, depois de estar sozinha na maior parte do ano”, comemorou.

Campanha de vacinação britânica

O Reino Unido iniciou nesta terça-feira (8) o plano de vacinação da população contra a covid-19. O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, diz que se trata de um “momento histórico”, referindo-se à data como o “Dia V” [uma referência ao Dia da Vitória da II Guerra Mundial].

País europeu mais afetado pela pandemia (com mais de 61 mil mortos e mais de 1,7 milhão de casos de infeção), o Reino Unido é o primeiro país no mundo a autorizar a utilização da vacina anticovid-19 desenvolvida pelo grupo farmacêutico norte-americano Pfizer e pela empresa alemã BioNTech, e será o primeiro país ocidental a iniciar a sua campanha de vacinação.

Em comunicado divulgado no fim de semana, Matt Hancock informou que os primeiros grupos que vão receber a vacina serão “os mais vulneráveis e aqueles com mais de 80 anos”, bem como os funcionários de lares e residências seniores e do serviço de saúde público britânico (NHS, na sigla em inglês).

As especificidades da vacina Pfizer/BioNTech, que necessita de conservação a 70 graus negativos, representam um desafio logístico, disseram as autoridades sanitárias britânicas, acrescentando que as doses têm de ser transportadas por uma empresa especializada e que o descongelamento demora várias horas.

O Reino Unido encomendou 40 milhões de doses da vacina Pfizer/BioNTech, o que permite proteger 20 milhões de pessoas, uma vez que esta vacina se administra com duas doses.

Numa primeira fase, estarão disponíveis 800 mil doses no país.

Apesar da rapidez com que a agência reguladora britânica aprovou a vacina Pfizer/BioNTech, a diretora executiva do organismo, June Raine, reiterou que “os mais elevados padrões” internacionais foram aplicados.

Fonte: Visor Notícias

Coronavírus

Avião que vai buscar vacinas na Índia decola nesta sexta

A previsão é que a aeronave decole às 23h e chegue amanhã (16) à Índia.

Coronavírus

Covid-19: Santa Catarina está preparada para começar vacinação, diz secretário

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, afirmou nesta sexta-feira, 08, que Santa Catarina está pronta para iniciar a vacinação contra a Covid-19 assim que receber as primeiras doses do Ministério da Saúde. […]

Coronavírus

Saúde anuncia compra de 100 milhões de doses da Coronavac

O Ministério da Saúde anunciou assinatura de contrato com o Instituto Butantan para adquirir até 100 milhões de doses da vacina Coronavac contra a covid-19 para o ano de 2021

Coronavírus

CoronaVac tem eficácia de 78% contra a covid-19

O anúncio foi feito hoje pelo governo de São Paulo

Coronavírus

SC tem 10 regiões em nível gravíssimo e 6 em nível grave para a Covid-19

No boletim anterior, eram 12 locais neste patamar. As outras seis regiões estão em estado grave (cor laranja)

Mais notícias