keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Brandili possui um dos melhores campos de treinamento para combate a incêndios

O gosto pelo trabalho voluntário dentro das empresas vem sendo cada vez mais habitual, mas além do interesse dos colaboradores em ajudar o próximo, as organizações têm um papel de grande relevância quando se fala do assunto. Não basta apenas oferecer a oportunidade, é preciso valorizar, incentivar e investir. A Brandili Têxtil aposta nesses valores e trata com grande estima os membros voluntários de suas Equipes de Atendimento a Emergências (EAE). Hoje, são mantidos até 30 voluntários capacitados para atuar no atendimento pré-hospitalar básico e na prevenção e combate a incêndios. Eles estão distribuídos em todos os turnos da empresa e prestam, em média, 12 atendimentos mensais.

Além do curso inicial, as Equipes de Atendimento a Emergências da Brandili passam por reciclagens mensais com conteúdo prático e teórico.  Mas a preocupação da empresa vai mais à frente, onde realiza investimentos contínuos, que incluem desde a manutenção do campo de treinamento e equipamentos, até a limpeza e conservação das instalações. O último investimento realizado foi na reforma do campo de treinamento e na reposição de parte dos trajes de aproximação, que são compostos por calça, blusão, botas, balaclava e capacete. Os trajes são equipamentos projetados para proteger contra o calor e chamas, que também oferecem proteção razoável contra substâncias químicas que podem existir no local da ocorrência. “A disponibilidade de equipamentos adequados permite um melhor atendimento às eventuais vítimas e, principalmente, protegem os voluntários dos riscos normalmente presentes em um cenário de atendimento a emergências”, explica o gerente de Sustentabilidade da Brandili Têxtil, Leonir Felipe Soliman Filho.

O campo de treinamento próprio da Brandili, utilizado para capacitação no combate a incêndios, é considerado um dos melhores do Estado de Santa Catarina entre as organizações privadas. Nos últimos seis anos, a empresa investiu alto na rede de hidrantes, extintores, e sistemas de detecção e alarme. Atualmente, a matriz em Apiúna dispõe de uma reserva de 900 mil litros de água para combate a incêndio através de mais de 75 hidrantes e uma rede pressurizada de aproximadamente três quilômetros, mais de 300 extintores e 300 mangueiras de incêndio, alarme com mais de 140 detectores de fumaça e mais de 70 botoeiras de emergência distribuídas em todas as áreas. O investimento representa a preocupação com a integridade e bem-estar dos colaboradores da empresa. “Voluntários devidamente capacitados e munidos de materiais e equipamentos adequados regem de forma rápida, eficiente e segura, minimizando consideravelmente as consequências de uma ocorrência. O voluntário também é estimulado pois percebe que a empresa, além de fornecer condições adequadas para o atendimento às emergências contribui para seu desenvolvimento”, finaliza.

Geral

Supercarro atinge velocidade de 532 km/h

Teste de velocidade aconteceu em uma rodovia, o que deixa o recorde incontestável

Geral

VÍDEO: Filhote de baleia é transportado pela BR-101 em Santa Catarina

PRF e Polícia Militar Ambiental auxiliaram no transporte pela rodovia

Geral

Pato é resgatado em praia usando meias e com um crucifixo no pescoço

Animal estava amarrado com as meias para que não pudesse andar pela praia

Mais notícias