keyboard_backspace

Página Inicial

Coronavírus

Alera para fake news sobre calendário de vacina contra Covid-19

A fake news repassa um calendário sobre a imunização para todas as faixas etárias

X
Divulgação/Prefeitura de Navegantes

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Navegantes, uma informação falsa tem circulado pelas redes sociais envolvendo a vacinação contra a Covid-19 no Município. A fake news repassa um calendário sobre a imunização para todas as faixas etárias.

A secretária da pasta, Luciane Angela Nottar Nesello, orienta que as pessoas se informem sobre a vacinação no site ou canais oficiais da Prefeitura Municipal. “Temos que combater as fake news, que causam grande confusão e transtorno. Esse calendário que está circulando é falso. Todo o nosso esquema de vacinação, com os devidos grupos prioritários é divulgado no site da Prefeitura de Navegantes, Facebook e Instagram (Oficiais). Por favor, não espalhem esse tipo de informação falsa”, orienta.

Fonte: Visor Notícias

Coronavírus

Coronavírus em SC: Matriz de Risco aponta quatro regiões em estado grave e 12 em nível gravíssimo

No último boletim, divulgado em 03 de abril, apenas a região de Xanxerê encontrava-se no nível grave, as demais estavam em estado gravíssimo

Coronavírus

São José amplia vacinação para 66 anos nesta sexta e 65 anos no sábado

Também será oferecida a segunda dose para os idosos acima de 75 anos que fizeram a primeira dose da vacina Coronavac/Butantan.

Coronavírus

Nova remessa com quase 145 mil doses da vacina contra a COVID-19 chega em SC nesta quinta-feira

Com mais essa remessa, Santa Catarina soma um total de 1.472.740 doses recebidas. Estado distribui 234.750 doses para todos os 295 municípios

Coronavírus

Professoras da rede municipal de ensino morrem no mesmo dia com Covid-19 em SC

Vítimas tinham 41 e 57 anos e tiveram complicações causadas pelo coronavírus

Mais notícias

Geral

Preparem os casacos! Frio intenso é previsto para os próximos 15 dias em SC

Termômetros poderão registrar mínimas de até 3°C nas áreas mais altas do Estado