keyboard_backspace

Página Inicial

Mercado Imobiliário

Setor da construção civil reclama da onda de furtos de fios e cabos elétricos

Sinduscon de Itajaí enviou ofício pedindo providências da Polícia Militar e ação contra receptadores

X

A onda de furtos de fios e cabos elétricos está preocupando os empresários da construção civil de Itajaí. O problema que é registrado em quase todo o Litoral de Santa Catarina e que é patrocinado, na maioria das vezes, por dependentes químicos, interessados em vender o material para comprar drogas, vem causando prejuízo significativo ao setor, segundo alertou o presidente do Sinduscon da Foz do rio Itajaí, Bruno Pereira. O sindicato enviou expediente às autoridades de segurança pública pedindo que sejam tomadas providências para o controle da situação. O ofício também foi assinado pela Associação Intersindical Patronal de Itajaí.

“Temos recebido comunicados frequentes de empresas associadas sobre furtos de materiais de cobre nas construções. Sabemos que ocorrem com o intuito de venda no mercado ilegal por conta do alto preço deste metal” destacou o presidente do Sinduscom. No expediente ao comando da Polícia Militar, ele pede, em nome da entidade, o patrulhamento mais ostensivo dentro da cidade, além de ações específicas direcionadas, tais como vistorias em espaços de reciclagem e sucata para fiscalização de materiais existentes. Acredita que, com menos receptadores, não haverá para quem os responsáveis pelos furtos venderem os produtos.

O dirigente explicou que até as sedes da Intersindical e do Sinduscon foram invadidas e por mais de uma vez. O objetivo dos agentes era a remoção de fios e cabos para a queima e posterior revenda. “Atualmente, mesmo com a instalação de sistemas de alarme e monitoramento nas obras, os furtos seguem crescendo”, destacou.

Enxugando gelo

Um dos problemas para as autoridades de segurança é a impossibilidade de fazer a internação compulsória de pessoas em situação de rua que não aceitam tratamento contra a dependência química. A legislação também costuma devolver autores de pequenos furtos para as ruas, o que contribui para a manutenção do círculo vicioso de pequenos furtos para o sustento da compra da droga. As prefeituras, não somente de Itajaí, mas de todo o litoral, estão empenhadas em oferecer oportunidades para que o maior numero de pessoas possível e que assim desejarem, possam sair do mundo das drogas. Ao mesmo tempo, entidades empresariais e representativas da sociedade, cobram ações mais efetivas para a melhoria das condições de segurança e alertam para o recrudescimento do problema com a chegada do verão. Atualmente, as ações contra os receptadores, reduzindo o mercado para os fios e cabos roubados, se apresenta como a melhor saída para o problema.

Fonte: Visor Notícias

Mercado Imobiliário

Mercado imobiliário de Itajaí surge como opção financeira cada vez mais atraente para investidores

Atentas à expansão do setor, construtoras tradicionais como a Procave apostam em produtos focados no médio e grande investidor

Mercado Imobiliário

Índice FipeZap mostra alta no preço de venda de salas e conjuntos comerciais

Em outubro de 2021, o valor médio do m2 de imóveis comerciais anunciados nas cidades monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial foi de R$ 8.399/m2, no caso de imóveis comerciais anunciados para venda, e de R$ 37,73/m2, entre aqueles destinados para locação.

Mercado Imobiliário

Academia Imobiliária: A liderança na construção da carreira profissional

No Mercado Imobiliário SC, todas as semanas, o consultor Estevão Guerreiro apresenta dicas valiosas para a carreira no setor imobiliário

Mercado Imobiliário

Vídeo: Condomínio com serviços de shopping será construído em Itapema

A proposta foi desenvolvida pela Art Concept Construtora e Incorporadora e reforça o interesse do setor no bairro Morretes

Mercado Imobiliário

Vokkan completa seis anos com nova fase no VivaPark Porto Belo

Empreendimento em construção na cidade é considerado um símbolo do alto nível de inovação e qualidade que a empresa pretende manter como marca no mercado imobiliário e da construção civil

Mais notícias

Segurança

Motorista bêbado invade ponto de ônibus e mata uma pessoa em Penha

O motorista do carro, bêbado, acabou batendo contra um ponto de ônibus onde estavam os três homens

Coronavírus

SC confirma 1.232.109 casos, 1.207.753 recuperados e 19.976 mortes

Em comparação com a última atualização diária, há 3 óbitos a mais

Atendente Virtual Visor

Estou disponível, posso ajudar?

openPopup