keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Quadrilha que furtava caixas eletrônicos evitava cometer crime em Santa Catarina

A investigação apontou que um grupo criminoso catarinense, cujo líder era conhecido como "rei dos caixeiros”, se dedicava, como meio de vida, à prática de crimes de furtos em caixas eletrônicos

X
Divulgação

A Polícia Civil deflagrou nesta quarta-feira (18) a Operação “Xeque Mate” com a finalidade de coibir o crime de lavagem de dinheiro e apreender patrimônio de grupo criminoso dedicado à pratica de furtos a caixas eletrônicos.

A ação está sendo realizada pela Delegacia de Lavagem de Dinheiro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC). O objetivo é o cumprimento de medidas cautelares probatórias e assecuratórias relacionadas a investigação de grupo criminoso que tem como crimes antecedentes à prática de furtos a caixas eletrônicos em todo o território nacional.

A investigação apontou que um grupo criminoso catarinense, cujo líder era conhecido como “rei dos caixeiros”, se dedicava, como meio de vida, à prática de crimes de furtos em caixas eletrônicos, evitando praticar crimes em Santa Catarina a fim de não ser investigado pela Polícia Civil local.

Aproveitando-se das baixas penas previstas para crimes sem violência contra pessoas, os criminosos atuavam de maneira pulverizada e permanente. Contudo, todo o proveito dos crimes, as dissimulações e a aquisição de ativos, acontecem no Estado catarinense, provocando, assim, a investigação pelo crime de lavagem de dinheiro e ocultação de valores e bens.

O objetivo das medidas é a apreensão de documentos capazes de confirmar as hipóteses de ocultação e dissimulação que caracterizem a lavagem de dinheiro, confirmar a real situação do patrimônio sem respectivo lastro e a identificação de outros bens que não haviam sido identificados, possivelmente em nome de laranjas.

Mandados

Ao todo, foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça em Joinville, Balneário Barra do Sul e Barra Velha e três mandados de prisão temporária.

Ainda foram sequestrados 15 imóveis, 02 empresas, apreendidos 17 veículos e bloqueados valores em contas bancárias. As investigações contaram com o suporte técnico do Laboratório de Tecnologia em Lavagem de Dinheiro (Lab-LD) e operacional das demais Delegacias Especializadas da DEIC.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Entenda como corpo de pescador que sumiu no mar do RJ chegou a praia de SC

Corpo foi encontrado na Praia Mole, em Florianópolis, a 700 km de onde desapareceu

Segurança

Homem é indiciado pela segunda vez por acessar pornografia infantil em Criciúma

A DPCAMI ainda adverte que as crianças que aparecem nas mídias não são brasileiras e o material não é produzido no Brasil.

Segurança

Dupla é presa com carga de droga em Biguaçu

Durante a diligência, foram apreendidos mais de 70kg de maconha e diversos apetrechos para a produção de drogas sintéticas, bem como matéria prima

Segurança

Mãe e filho são presos por comprar carro furtado pela internet

A prisão ocorreu após a Guarda Municipal ser informada por moradores de que um carro furtado estava circulando pelo bairro das Nações

Segurança

Polícia recupera 35 bovinos avaliados em R$120 mil que foram furtados

Foram furtados 23 bois e 12 vacas da fazenda da vítima na localidade Campo Alto, em Santa Cecília

Mais notícias

Coronavírus

Um dia após professora morrer de Covid-19, marido também não resiste

O casal, morador em Itaperuçu, região de Curitiba (PR) deixa uma filha de 12 anos

Política

Projeto pode garantir isenção de impostos para escolas privadas de Itapema

Isenção quer dar fôlego para empresas que atuam na educação básica de Itapema, que além da crise econômica provocada pela pandemia, enfrentam a evasão de alunos para a rede pública