keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia prende envolvidos no ‘tribunal do crime’ que decidiu assassinar dois jovens em Palhoça

Operação está sendo cumprida em Palhoça, São José e Imbituba

X

A Polícia Civil desencadeou na manhã desta quinta-feira (19) a Operação “Enigma” para cumprir 12 mandados de prisão temporária e oito mandados de buscas e apreensão expedidos pela Justiça, em Palhoça, São José e Imbituba.

A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça. As investigações apuram um duplo homicídio ocorrido em 19/07/2020, no bairro Aririu, em Palhoça. As vítimas, de 17 anos e 18 anos, foram localizadas em local ermo, apresentando ferimentos de disparo de arma de fogo.

As investigações reuniram provas de que os suspeitos, após o desaparecimento de um homem no município de São José, realizaram uma espécie de “tribunal próprio do crime” em Palhoça, no bairro Caminho Novo, onde o desaparecido residia.

Durante o encontro de criminosos em Palhoça às vítimas, possíveis participantes do homicídio em São José, teriam sido levadas pelos suspeitos para que pudessem ser “julgadas” pelos criminosos e mortas.
A vítima morta em São José teria sido capturada por homens no bairro Ceniro Martins e morta no bairro Areias por ser suspeita de prática de furto no município de Imbituba. O suspeito de ser um dos autores do homicídio em São José estava em Palhoça também para ser “julgado”, mas por ter indicado para os criminosos onde estava o corpo do palhocense desaparecido, não foi morto vindo participar do homicídio dos dois jovens no bairro Aririu.

Ficou demonstrado, através das investigações, que os crimes investigados foram planejados e executados por suspeitos de serem ligados à organização criminosa atuante dentro e fora dos presídios catarinenses. Até às 10h, seis mandados de prisão foram cumpridos e duas armas foram apreendidas. Outras seis pessoas estão foragidas.

Os mandados de prisão dos 12 investigados são pelo duplo homicídio qualificado e por compor organização criminosa.

Participaram da operação as Delegacias de Polícia pertencentes à Diretoria de Polícia da Grande Florianópolis e K9, policiais militares de Palhoça e São José e policiais civis de Imbituba. “As investigações continuam com objetivo de identificar outros envolvidos”, afirma a Delegada de Polícia Raquel Freire. Os presos permanecem à disposição da Justiça.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Homem foi morto com facada no pescoço no bairro Morretes por causa de dívida

Crime ocorreu na rua 418 na noite de terça-feira (4); Polícia Civil está investigando caso

Segurança

Adolescente de 15 anos desaparece depois de sair com a irmã mais velha

Fernanda Rocha Souza estava em uma praça, em São José, com a irmã, quando avisou que iria ao banheiro e não retornou; polícia suspeita de fuga

Segurança

Trio é preso por tráfico de drogas e aliciamento de menores em Porto Belo

Durante as diligências restou apurado que os três presos estavam associados para a venda da droga e aliciaram pelo menos oito adolescentes para trabalharem como soldados do tráfico

Segurança

Catarinense perde R$1.500 no golpe do aluguel

A vítima contou á polícia que recebeu uma mensagem por aplicativo solicitando que ele depositasse o valor do aluguel da casa onde mora

Mais notícias

Coronavírus

Xanxerê proíbe venda de bebidas alcoólicas no final de semana

O descumprimento das medidas acarretará a responsabilização dos proprietários dos estabelecimentosd

Geral

Desenvolvimento Social entrega seis câmaras frias para agricultura familiar no Oeste

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social entregou seis câmaras frias para a agricultura familiar para Chapecó, Pinhalzinho, Bom Retiro, Lages, Canelinha e Xanxerê – uma para cada município. Os equipamentos são para modernizar as […]