keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia Civil prende jovens que arrancam coração de homem ainda vivo e gravam vídeos

Jovens arrancaram o coração da vítima e ainda filmaram toda a ação

X
Foto: PC/Divulgação

Dois jovens de 19 e 20 anos foram presos pela Polícia Civil suspeitos de assassinatos. Um dos casos investigados aponta que a dupla arrancou o coração de um homem enquanto ele estava vivo. O crime bárbaro foi até filmado pelos assassinos que chegaram compartilhar as imagens nas redes sociais. O crime foi registrado no início do mês de junho no bairro Vila Nova, em Parauepebas (PA). A vítima foi identificada como Ezequiel de Jesus Soares Brilhante.

A prisão do suspeito de 19 anos ocorreu na última terça-feira (8) em um assentamento rural próximo ao município de Marabá (PA). Ele foi localizado em uma cabana, no meio do mato, onde foram apreendidas duas espingardas. O outro jovem, de 20 anos, foi preso na última quinta-feira (10). O cumprimento dos mandados foi divulgado na sexta-feira (11) pela Polícia Civil.

De acordo com o delegado do caso, Elcio de Deus, os suspeitos foram identificados após vídeos do assassinato de Ezequiel serem encontrados em um aparelho celular apreendido com um adolescente de 16 anos. A apreensão ocorreu na noite do último dia 4 deste mês.

As imagens mostram um grupo de pessoas removendo o coração da vítima ainda viva. Na ocasião, o adolescente apontou onde essa pessoa poderia estar enterrada e um corpo foi encontrado pela Polícia Militar.

Na manhã do dia 5, foi realizada a remoção do cadáver e constatou-se não pertencer à pessoa que aparecia no vídeo. Tratava-se de Celio Kayke Ferreira da Silva, de 18 anos, desaparecido desde o dia 30 de maio. As investigações apontaram, então, que as imagens eram da morte de Ezequiel, cujo corpo foi encontrado no dia 19 de maio, com os pés e mãos amarrados e com um grande corte na caixa torácica.

O adolescente apreendido negou participação nos crimes, mas, indicou nomes de pessoas que supostamente apareciam no vídeo, dentre elas os dois presos. Para o delegado, possivelmente, os crimes estão relacionados à disputa de facções criminosas que atuam na cidade de Parauapebas. “Elas têm uma rivalidade. Esse ódio entre as facções é quase que uma coisa inata. Na verdade, são como água e óleo, não se misturam, então, quando têm a oportunidade de assassinar membros de facção diversas, promovem esse tipo de crime”, declarou.

Elcio disse que a Polícia Civil está atenta à movimentação do crime organizado na cidade e trabalhando de forma incansável para dar uma resposta à sociedade em relação a esses crimes. Ele informou também que os presos não confessam o crime, mas há provas substanciais do envolvimento deles e que as investigações terão continuidade.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Bandidos rendem vigia e assaltam outra cooperativa de crédito em SC

Segundo a Polícia Militar, o crime foi por volta das 13 horas desta quarta-feira, dia 8.

Segurança

Um mês após descobrir traição em motel, marido perdoa esposa e compra carro novo para a mulher

Marido encontrou esposa no motel com outro homem, quebrou o carro dela com marretadas

Segurança

Operação da Polícia Civil e Receita Federal é realizada em BC contra pirataria

Ação cumpre 66 mandados de busca e apreensão em combate aos crimes contra a propriedade

Mais notícias

Brasil

Ladrão invade salão de beleza logo depois de postagem de influencer e rouba relógio que ela mostrava na rede social

Um homem invadiu um salão de beleza e roubou um relógio Rolex logo após ele aparecer em uma postagem de rede social no braço de um influenciadora digital. O caso aconteceu em São Paulo e […]

Brasil

Em confronto com a polícia, oito suspeitos de assaltar agências bancárias são mortos

No local em que houve a ação policial, teriam sido encontrados explosivos e armamentos de grosso calibre.

Atendente Virtual Visor

Estou disponível, posso ajudar?

openPopup