keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Laudo aponta que homem agredido em supermercado morreu asfixiado

A informação preliminar de que João Alberto teria sofrido um ataque cardíaco enquanto era agredido pelos vigilantes não pôde ser constatada pela perícia

X

O primeiro resultado da necropsia realizada pela perícia de Porto Alegre aponta que João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, pode ter sido morto por asfixia.

A informação preliminar de que João Alberto teria sofrido um ataque cardíaco enquanto era agredido pelos vigilantes não pôde ser constatada pela perícia.

Dois seguranças terceirizados do Carrefour, Giovane Gaspar da Silva, policial militar temporário, e Magno Braz Borges foram levados para prisão. Os dois serão indiciados por homicídio triplamente qualificado.

O crime

Segundo informações, o fato teria sido precedido de uma discussão dentro do estabelecimento, quando a vítima discutiu com uma funcionário, uma segurança de uma empresa terceirizada e um Policial Militar temporário.

De acordo com a Brigada Militar, a confusão começou no caixa do supermercado. A vítima, que fazia compras com a esposa, teria ameaçado agredir uma funcionária, que chamou a segurança. O policial e o segurança teriam encaminhado João Alberto Silveira Freitas para fora do supermercado, onde começaram as agressões, que terminaram com a morte do homem.

Os dois homens que agrediram foram detidos e presos em flagrante por homicídio qualificado. 

Em vídeos que circulam nas redes sociais, é possível ver que dois homens derrubam a vítima. Enquanto um segue segurando o homem, o outro aplica vários socos na cabeça da vítima. Em outro registro é possível ver a vítima já ensanguentada no chão do local, mas ainda imobilizado pelos agressores.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Pai foge com a filha após bater na mãe e caso mobiliza polícia em Santa Catarina

'Quero minha filha de volta', diz mãe de menina que foi levada pelo pai em SC

Segurança

Jovens que morreram após grave acidente com carreta na BR-282 são identificados

Motorista de 17 anos, carona de 23 anos e uma jovem de 18 anos morreram no local

Segurança

Motorista bêbado atropela policial militar em Santa Catarina

Após buscas na região, motorista foi localizado pela PM e acabou preso

Mais notícias