keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

‘Zona’ vira bar em SC e frases fazem sucesso com clientes; “Agora somos um Pub decente”

No Instagram, os proprietários publicam prints de conversas com os clientes, onde o tom de deboche predomina

X

Um estabelecimento em Criciúma tem chamado a atenção na internet. O Garten Pub, bar que foi aberto no início de fevereiro no município, e reaberto no meio de junho de 2021, é um sucesso de engajamento com o público com o uso de uma linguagem “inusitada”, para dizer o mínimo.

O slogan “não é mais puteiro, mas continua uma zona”, já introduz toda a “auto depreciação” que o bar utiliza como propaganda. E tudo isso com um agravante cômico que é muito bem aproveitado pelo bar: antigamente um prostíbulo funcionava no mesmo espaço. Ao abrir o site do Garten Pub, o internauta se depara com uma frase muito bem destacada na página principal: “Aqui não é puteiro”.

No Instagram, os proprietários publicam prints de conversas com os clientes, onde o tom de deboche predomina. Mas o bar faz questão de lembrar que “o puteiro fechou, agora somos um pub decente”. Em suas publicações na internet, o bar aposta em criticar o próprio trabalho. Ele expõe que “copiou o cardápio” dos outros, que o local é um “fracasso” e divulga uma comunicação depreciativa com os clientes, como “felizmente hoje não abre”. Dorindi Eller Júnior, que se denomina como “estagiário de marketing” do Garten Pub, conta que o bar abriu com uma estratégia comum, como qualquer outro, mas não estava dando certo.

“Estamos abertos há três meses e meio. Durante os dois primeiros estávamos adotando uma estratégia de marketing bem ‘paz e amor’, divulgando o cardápio, a casa, as cervejas e as bandas, como todo mundo faz. Foi um fracasso. Só aparecia meia dúzia de gatos pingados achando que lá ainda era uma casa de entretenimento masculina. E o puteiro já fechou há quase três anos”. Dessa forma, os proprietários viram a necessidade de tomar medidas para tentar salvar o bar.

“Buscamos conversar com várias agências de marketing sobre esse problema. Todas diziam que seria um processo demorado desvincular a imagem do local com o antigo estabelecimento. Foi nesse momento que pensamos em mudar a forma de comunicação. Sabíamos que seria arriscado. Porém pior do que estava não ia ficar”, revela Dorindi.

“Fiz um teste em agradecer o fracasso de uma promoção que fizemos. O engajamento já foi enorme. Logo depois lancei um informativo que ali não era mais um puteiro. Essa publicação teve um alcance fora do normal”, salienta o “estagiário de marketing” do Garten Pub, que passou a adotar um novo e ousado estilo de comunicação com a clientela.

Fonte: ND+

Geral

Polícia procura pais de criança de 2 anos encontrada na rua em Itapema

A criança ainda não se expressa com clareza, por tanto não foi possível saber onde reside

Geral

SC convoca para escolha de vagas 127 classificados em concurso para agente socioeducativo

O Governo do Estado irá convocar na próxima segunda-feira, 25, 127 candidatos classificados para o cargo de Agente de Segurança Socioeducativo no Concurso Público Edital 001/2016, homologados pela portaria 1.206, de 23 de setembro de […]

Geral

Bolsa do governo de SC pode pagar até R$1.500 para atletas

O atleta beneficiado pelo Programa Bolsa Atleta de SC não será impedido de receber benefício similar no âmbito do Governo Federal ou governos municipais

Geral

Raro bagre amarelo que pode chegar até três metros é capturado por pescador

Peixe capturado seria um Siluro, uma das maiores espécies, que pode chegar a mais de três metros

Geral

Santa Catarina pode ser atingida por tempestade de areia igual a que assolou outros Estados

A situação já ocorreu em São Paulo e Mato Grosso do Sul e assustou moradores no início de outubro

Mais notícias

Geral

Polícia procura pais de criança de 2 anos encontrada na rua em Itapema

A criança ainda não se expressa com clareza, por tanto não foi possível saber onde reside

Segurança

Pai e tio estupravam meninas de sete e 14 anos com o consentimento da mãe

Um caso chocante chamou a atenção de moradores de Sapiranga, no Rio Grande do Sul, o pai e a mãe de duas crianças, de sete e 14 anos, foram presos envolvidos em um caso de […]