Tarifa do gás natural para a indústria aumenta 41% em julho

Foto: Divulgação

Para a FIESC, elevação da tarifa é consequência da não concretização do mercado livre de gás, já previsto em lei, mas ainda não regulamentado

Foto: Divulgação

A tarifa do gás natural para a indústria de Santa Catarina será elevada em 41,05% a partir do dia 2 de julho. A informação foi confirmada nesta terça-feira (28), durante a reunião da Câmara de Assuntos de Energia da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC)

Foto: Divulgação

Em alguns setores, como o de vidros, porcelana e revestimentos cerâmicos, a participação do gás natural nos custos de produção se elevará de 30% para 38%.

Foto: Divulgação

Conforme a SC Gás, a necessidade de reajuste se originou na contratação de fornecimento do insumo que a concessionária fez com a Petrobrás em vigor a partir de 2022, e que corresponde, em 2022, a 1,3 milhão de metros cúbicos por dia.

Foto: Divulgação

Com a redução do valor a partir de janeiro, não descarta a possibilidade de redução da tarifa do gás natural no início de 2023. Mas, para isso, precisam ser mantidas as demais variáveis, como o câmbio e o preço internacional do petróleo.

Foto: Divulgação

Diariamente o Visor Notícias traz conteúdos para você se manter informado. Acesse o site e siga as nossas redes sociais.

Acompanhe o Visor