Cargueiro com mais de 7 toneladas de donativos chega ao Aeroporto de Florianópolis 

Foto: Divulgação

A doação, feita pela Cruz Vermelha, será destinada ao Rio Grande do Sul.

Foto: Divulgação

Nesta manhã de 20 de maio, o Aeroporto de Florianópolis recebeu o cargueiro Antonov, operado pela empresa Ukraine Air Alliance, vindo do Panamá, com escala em Manaus.

Foto: Divulgação

A aeronave, fabricada em 1973 e utilizada pela Cruz Vermelha em operações para socorro humanitário ao redor do mundo, trouxe 7,3 toneladas de mercadorias para doação às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. 

Foto: Divulgação

Essa é a primeira de uma série de doações que serão feitas pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV). Nessa carga, vieram 36 paletes com kits para cozinha, kits para higiene, filtros de água, lanternas solares e bombonas dobráveis para recebimento de água tratada. Os kits são montados no Centro Logístico Humanitário do CICV no Panamá com doações recebidas de diversos países.

Foto: Divulgação

A Receita Federal, juntamente da administração de Aeroporto de Florianópolis e demais órgãos intervenientes, envidou todos os esforços necessários para que a carga fosse desembaraçada com segurança e agilidade. 

Foto: Divulgação

Em menos de quatro horas do pouso do avião, as mercadorias já haviam sido desembaraçadas e estavam prontas para iniciarem o transporte rodoviário para Caxias do Sul/RS, cidade na qual a Cruz Vermelha possui um centro de distribuição. 

Foto: Divulgação

O procedimento especial de desembaraço se une a uma série de outras iniciativas desenvolvidas pela Receita Federal para minorar o impacto das enchentes que atingiram milhões de pessoas do Rio Grande do Sul:

Foto: Divulgação

Diariamente o Visor Notícias traz conteúdos para você se manter informado. Acesse o site e siga as nossas redes sociais.

Acompanhe o Visor