keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Violência contra o idoso dobra durante pandemia e continua crescendo

Alerta foi feito nesta quinta-feira (17) durante Roda de Conversa entre os vereadores de São José , representantes de entidades e do município

X

Os casos de violência contra a pessoa idosa em São José quase dobraram entre 2019 e 2020, durante os primeiros 12 meses da pandemia do coronavírus e podem dar um novo salto em 2021. O alerta foi feito nesta quinta-feira (17) pelas lideranças que participaram de Roda de Conversa promovida pela Câmara de Vereadores.

Em 2020 os casos de negligência e violência física, psicológica e sexual, segundo dados da Secretaria Municipal de Assistência Social, saltaram para 198. Eram 108 em 2019, quando houve queda em relação a 2018 (124 casos). Os idosos, por serem o público mais sensível ao ataque do coronavírus, ainda foram os que mais se isolaram e até hoje estão com pouco acesso à programas públicos e eventos de lazer e saúde. Até 2019 esses programas e eventos eram, muitas vezes, a única oportunidade para se relacionarem com outras pessoas, para se movimentarem e terem acesso a uma série de outros benefícios. Em casa, ainda ficaram à mercê de golpes por telefone, que também cresceram e até da chamada violência financeira, que é quando familiares retiram deles o acesso aos seus recursos financeiros, aposentadorias, poupanças e contas bancárias.

O que mais preocupa as autoridades é que o problema continua. Em 2021 já foram registrados 148 casos em seis meses, segundo Marla Sacco Martins, diretora da Secretaria de Assistência Social, representante do município no encontro. De acordo com ela, mantido o mesmo ritmo os casos de violência e abuso contra a pessoa idosa podem dobrar novamente. “É importante discutir essa questão aqui na Câmara para que sejam pensadas novas políticas em defesa do idoso”, destacou. Ela lembrou que hoje o município de São José tem 42 casos em atendimento. Destes, 41% envolvem negligência, 27% violência propriamente dita e 30% violência psicológica. 1,89% envolvem violência sexual.

“O aumento da violência contra a pessoa idosa é uma realidade e não podemos deixar de discutir esse assunto e alertar a nossa sociedade”, destacou a presidente da Casa, vereadora Méri Hang. Ele garantiu que as portas da Câmara estão abertas para a discussão de propostas, benefícios e necessidades para a pessoa idosa.

Além da diretora da Secretaria de Assistência Social, também participaram do encontro vereadores,  a professora aposentada, Claudete Ogibovki, a coordenadora da Pastoral da Pessoa Idosa e Titular do Conselho Estadual do Idoso, Patrícia Klein e o representante do Conselho Municipal do Idoso, Antonino Souza.

Fonte: Visor Notícias

Cidades

Nova loja do Komprão Koch é inaugurada em Balneário Camboriú

A partir desta quinta-feira (05), os moradores e turistas poderão contar uma ampla e confortável loja, com uma oferta variada de produtos a preços competitivos. Esta é a 38ª unidade do Grupo Koch em Santa Catarina

Cidades

Itajaí terá sistema de tratamento de lodo que contribuirá para preservação do Rio Itajaí-Mirim

Semasa autorizou nesta semana o início da obra com investimento de R$ 8 milhões

Cidades

Sicredi reinaugura agência em Porto Belo

Estrutura localizada no bairro Vila Nova, conta com design moderno e visa proporcionar mais conforto aos associados.

Cidades

O maior prédio residencial do mundo será construído em Balneário Camboriú? Veja detalhes sobre o projeto

Se aprovada pela prefeitura, esta será a torre residencial mais alta do mundo, superando o Central Park Tower, na zona central de Manhattan, em Nova York,

Cidades

Vídeo: Família encontra homem desaparecido em abrigo montado para moradores em situação de rua em Itapema

Em um vídeo, a mulher conta toda a história sobre as buscas e o encontro do irmão

Mais notícias

Coronavírus

Você tem 30 anos ou mais? Saiba como se vacinar contra a Covid-19 em Porto Belo

Porto Belo vacina pessoas com 30 anos ou mais a partir de agendamento

Brasil

Mulher vai para o hospital com cólica e descobre que estava em trabalho de parto

A mulher foi para o hospital após sentir cólicas, quando descobriu a gravidez