keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Vídeo: Mulher joga bolsa com cerca de 8 mil comprimidos de ecstasy durante perseguição

Durante o acompanhamento, os policiais visualizaram uma bolsa preta sendo jogada pra fora do veículo

X
Divulgação/PRF

Policiais rodoviários federais apreenderam na tarde desta terça-feira (16), na BR-282 em Xanxerê, cerca de 8 mil comprimidos de ecstasy, droga sintética com efeitos alucinógenos.

A motorista de um VW/Gol placas de Chapecó não obedeceu ordem de parada e fugiu em alta velocidade. Durante o acompanhamento, os policiais visualizaram uma bolsa preta sendo jogada pra fora do veículo.

Em seguida, o carro foi abordado. Um homem, que estava de carona, saiu correndo em direção à vegetação, não sendo localizado até o momento. No entanto, foi localizado um documento de identidade do provável envolvido, um jovem de 21 anos com várias passagens por tráfico de drogas.

Os policiais voltaram ao local onde a bolsa foi abandonada e dentro dela encontraram sacos plásticos contendo os 8 mil comprimidos de ecstasy. A mulher, de 27 anos, disse que buscou a mercadoria em Itajaí para revender na região de Chapecó. Ela exibia forte odor de maconha, e confessou que tinha consumido a droga minutos antes. A motorista foi levada à Delegacia de Polícia de Xanxerê, onde vai responder novamente por tráfico de drogas e por dirigir sob efeito de substância psicoativa.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Idosa sai para ir a uma festa e é encontrada 10 dias depois em buraco pela família

Idosa saiu de uma festa de aniversário no dia 13 de fevereiro para ir para casa e caiu dentro de uma grota

Segurança

Foragido por dois homicídios é preso em Florianópolis

Captura ocorreu no início da madrugada de terça-feira (23) pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça

Mais notícias

Brasil

Auxílio emergencial e criptomoedas deverão ser declarados no Imposto de Renda

Saques emergenciais do FGTS também precisarão ser informados

Coronavírus

Começa distribuição de 3,2 milhões de doses da vacina contra covid-19

Chegada de mais imunizantes permitirá ampliar grupos prioritários