keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

VÍDEO: Mãe deixa bebê de dois meses como ‘garantia’ em boca de fumo

Ela deixou a criança como ‘garantia’ de que retornaria para pagar uma dívida

X
Foto: Divulgação

A Polícia Militar resgatou na terça-feira (8), um bebê de dois meses que foi trocado por drogas pela própria mãe em uma boca de fumo localizada em Pontes e Lacerda, a 487 km de Cuiabá (MT). A mulher de 28 anos, mãe da criança, é usuária de drogas e, segundo a Polícia Civil, deixou a criança como ‘garantia’ de que retornaria para pagar uma dívida com os traficantes.

O caso foi denunciado ao Conselho Tutelar que, com apoio da Polícia Militar, foi até o ponto de venda de drogas e resgatou o bebê. A mãe não foi localizada até esta quarta-feira (9). A boca de fumo funciona em uma casa no bairro Residencial Vera. Duas mulheres estavam com a criança e não assumiram que a pegaram como garantia do pagamento.

Elas alegaram que a mãe pediu para que elas cuidassem do bebê. A mãe da criança e as duas mulheres têm antecedentes criminais por tráfico no Mato Grosso. O bebê foi levado ao Lar de Apoio à Criança (LAC) de Pontes e Lacerda. Segundo a delegada Bruna Caroline Laet, foi aberta uma investigação para apurar o crime previsto no artigo 238, do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA): prometer ou efetivar a entrega de filho ou pupilo a terceiro, mediante paga ou recompensa.

Justiça retira guarda da mãe

Um dia antes, na segunda-feira (7), o juiz Cláudio Deodato Rodrigues Pereira, da 2ª Vara de Pontes e Lacerda, havia retirado temporariamente a guarda da criança da mãe. A decisão atendeu a um pedido do Ministério Público de Mato Grosso (MPE) que já tinha conhecimento das atitudes de negligência da mãe. A suspeita é que ela é usuária de drogas há 10 anos e tem cinco filhos. Com exceção do bebê, todos foram retirados do convívio dela.

O primeiro morreu aos 2 anos, o segundo e o terceiro estão com pessoas que não são da família dela. Uma quarta criança está em um abrigo. O MPE soube que ela estava frequentando bocas de fumo com o filho recém-nascido e entrou com o pedido na Justiça de Mato Grosso. De acordo com a Justiça, o bebê estava sob os cuidados da avó materna que tem problemas cardíacos e não pode cuidar com o neto.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Derramamento de esterco em rodovia provoca dois acidentes em rodovia de SC

Apesar do susto, nenhum dos motoristas sofreu ferimentos

Segurança

Acidente impressionante! Mulher perde controle e invade telhado de casa com moto em Brusque

Vítima manobrava Honda/Biz quando perdeu controle e invadiu telhado da casa

Segurança

Câmara de Vereadores de Piçarras é furtada

Foi registrado, entre a noite desta quinta-feira (17) e madrugada de sexta-feira (18), um furto na Câmara de Vereadores de Piçarras. A Polícia Militar, Civil e o Instituto Geral de Perícias estiveram no local para […]

Segurança

Pai chega buscar filho na escola e encontra criança amarrada a cadeira

Um pai chegou na escola para buscar seu filho e descobriu que a criança estava amarrada a uma cadeira dentro da sala de aula em Vitória, no Espirito Santo. O estudante foi amarrado no horário […]

Segurança

Homem é preso por estupro de vulnerável em Caçador

O suspeito foi interrogado e encaminhado ao Presídio Regional de Caçador

Mais notícias

Mundo

Grupo invade escola, mata policial e sequestra 80 alunos

Ataque é o terceiro sequestro em massa em três meses

Utilidade Pública

Obedecendo todos os protocolos de segurança, loja da Águas de Penha reabre

Colaboradores utilizam equipamentos de proteção e os clientes devem obedecer ao distanciamento entre as pessoas