keyboard_backspace

Página Inicial

Famosos

Vídeo: “É a mamãe”, diz filho de Marília Mendonça ao ver jovem de SC cantando

Vídeo da sósia de SC chegou até a mãe de Marília Mendonça

“É a mamãe”, disse o pequeno Léo, filho de Marília Mendonça com o cantor Murilo Huff, ao ver o vídeo de Juliana Cavalheiro Bentz, de 36 anos, cantando as músicas da eterna rainha da sofrência, em um ponto de ônibus na cidade de Chapecó, no Oeste do Estado. A gravação chegou até a mãe de Marília, Dona Ruth, que mostrou para o neto. O menino de 2 anos achou que se tratava da mãe, conforme contou Ruth para a Juliana nas redes sociais.

Mostrei para o bebê, ele disse que é a mamãe”, escreveu Ruth.Além de parabenizar Juliana, a mãe de Marília também incentivou a chapecoense a continuar cantando e disse que a filha ficou na história das mulheres. Ruth ainda pediu para que ela não deixasse o legado da rainha  morrer. “Então, se você canta assim e se parece com ela usa isso. Você tem talento, usa a seu favor”, disse. O vídeo de Juliana viralizou nas redes sociais. Com isso, o número de seguidores dela já ultrapassa mais de 20 mil seguidores.

Juliana ficou perplexa e surpresa com a repercussão e com o contato da mãe de Marília. “Eu não achei que iria dar tanta repercussão. Eu acho que estou sonhando, sempre amei eles e ser comparada a ela para mim foi tudo”. A sósia catarinense de Marília conta que se emocionou quando Dona Ruth a seguiu nas redes sociais e mais ainda quando entrou em contato. “Eu sempre cantei por amor a música e ao trabalho que a Marília fazia. Jamais quis imitar ela, isso saiu naturalmente e me surpreendeu muito.”

Semelhanças vocais e físicas

As semelhanças entre Juliana e Marília Mendonça – que morreu em novembro de 2021 em um trágico acidente aéreo – não é apenas física. A voz da chapecoense também se assemelha em muito com a da rainha da sofrência.

O primeiro vídeo foi gravado por Sirlei Pinheiro Lima e compartilhado na internet. “Hoje o ponto de ônibus aqui em Chapecó animado por Juliana Cavalheiro”, escreveu Sirlei.

“Minha moto estava no conserto e aquele dia fui e voltei de ônibus. Enquanto esperava o transporte urbano com uma amiga, comecei a cantar. Uma mulher me ouviu e pediu se podia gravar. Eu disse que sim. Então ela postou, mas não sabia que teria tanta repercussão”, conta Juliana, que trabalha como caixa em uma loja de utensílios.

A chapecoense lembra que há algum tempo clientes da loja, amigos e familiares começaram a comentar sobre as semelhanças entre elas. “Os clientes diziam que eu lembrava muito a Marília, então eu cantava para eles e todo mundo achava a voz parecida também.”

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Famosos

Diretor do filme “Dois filhos de Francisco” morre após passar mal em set de filmagem

Ele dirigiu sucessos de bilheteria como 'Dois filhos de Francisco' e 'Gonzaga: de Pai pra Filho'

Famosos

Influencer faz procedimento para engrossar as pernas; Veja o antes e depois

O processo necessita de três sessões, que custam em média R$ 5 mil e devem ser refeitas a cada mês, e com resultado imediato

Famosos

VÍDEO: Gusttavo Lima fica quase sem gasolina e se assusta com preço do combustível: “Mais fácil andar a pé”

“Cara, tá mais fácil andar a pé. Bota uns 20 reais só para eu chegar ali então”, disse ao frentista

Famosos

Vídeo: Ana Maria Braga é socorrida ao vivo após se engasgar com pedaço de bolo no programa

Ela até tentou se recompor e continuar com a apresentação do Mais Você, mas não conseguia falar

Famosos

Nova filha de Hulk é sobrinha-neta da ex-mulher do jogador e prima dos irmãos; Entenda

Filha de Hulk foi destaque em uma das mais famosas revistas de celebridades dos EUA por conta da sua situação familiar

Mais notícias

Segurança

Adolescente de 17 anos é morta a tiros na frente de casa

O suspeito fugiu de moto e ainda não foi localizado. A vítima era casa e o marido não estava em casa na hora do crime