keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Vídeo: Da janela do apartamento delegado atira no bandido durante assalto em Criciúma

Polícia encontrou sangue dentro de um dos carros usados pela quadrilha

X

Durante a noite de terror que Criciúma, no Sul do Estado viveu, na última terça-feira (1), um delegado, ao perceber a ação dos criminosos, que realizaram um dos maiores assaltos já registrados em Santa Catarina, resolveu atirar contra um dos bandidos, pela janela do apartamento. Nas redes socais, circula o vídeo do delegado Márcio Campos Neves, autor dos disparos, que para a NSC, relatou como foi o momento em que atirou contra os assaltantes.

Morador da região central da cidade, ele conta que estava de folga em casa com a esposa. Por volta da meia-noite, quando se preparava para dormir, ouviu os primeiros tiros. Márcio conta que logo percebeu que se tratava de um assalto:

“ A gente que treina em clube de tiro sabe diferenciar bem. Eu vi que não eram fogos de artifício, e sim tiros. Fui para janela, eles estavam dos dois lados do meu apartamento, e vi os bandidos com armas longas. Era uma movimentação que acreditei ser assalto a banco”, disse. O delegado acompanhou a ação dos criminosos pela janela, enquanto recebia informações sobre o que estava acontecendo. Quando eles passaram na frente do prédio, se tornaram um alvo fácil. Márcio então efetuou diversos disparos contra os dois assaltantes que estavam na mira dele. No vídeo, é possível ver que um dos criminosos é atingido.

“ Quando vi eles na minha frente meu reflexo foi direto começar a atirar. É o meu trabalho. Infelizmente, eu não tinha uma arma longa, mas mesmo assim consegui atingir um deles na perna. Ele caiu no chão e ficou um tempo lá, até que se levantou mancando. Não sei se foi grave, mas depois vimos fotos de sangue em um dos carros usados pelos bandidos. Pode ter sido dele”, contou.

Márcio permaneceu em casa até que o tiroteio parasse. Então, mobilizou uma equipe para ir até a agência do Banco do Brasil, onde muitas pessoas estavam furtando notas de dinheiro que os bandidos deixaram para trás. Um total de R$ 810 mil foi recuperado pela polícia no local.

Investigação do assalto em Criciúma

A Polícia Federal abriu um inquérito para investigar o crime em SC que teve repercussão internacional. A PF analisa se existe alguma relação do assalto com a atuação de facções criminosas, além de possíveis ligações entre o crime em Criciúma e o roubo registrado no dia seguinte na cidade de Cametá, no Pará. Até o momento, 11 pessoas suspeitas foram presas em SC, no Rio Grande do Sul e em São Paulo.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Polícia Civil localiza corpo de homem desaparecido e faz prisões em Laguna

Após as investigações preliminares, constatou-se que o homem teria vindo para Laguna ainda madrugada de 1º de janeiro.

Segurança

Namorado ameaça jogar carro em precipício na Serra do Rio do Rastro e mulher se joga do veículo em movimento

Ele teria afirmado à vítima que se ela não ficasse com ele, "não ficaria com mais ninguém"

Segurança

Jovem que andava de calcinha pelas ruas de Itajaí faz acompanhamento psicológico

A gerente do Caps AD informou que ele deve passar por mais avaliações, a fim de chegar a um diagnóstico.

Segurança

Bombeiros atendem ocorrência de deslizamento e precisam convencer família a deixar residência em Canelinha

Uma lona plástica foi colocada na área que sofreu o deslizamento para tentar conter a absorção de água pelo solo

Mais notícias