keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Veículo estadual auxilia na aplicação de inseticida contra dengue em Itajaí

Reforço veio para amenizar o surto da doença no bairro São Judas

X
Divulgação

O combate à dengue em Itajaí ganhou um aliado: um veículo, cedido pelo Governo do Estado, auxiliou na aplicação de inseticida UBV para eliminar o mosquito Aedes aegypti adulto. A ação pontual ocorreu no bairro São Judas, onde há o maior número de casos de dengue. O pedido de reforço ao Estado foi feito pela Secretaria Municipal de Saúde para que a aplicação ajude a reduzir a contaminação no local.

O Município registra neste ano 207 casos positivos da doença, sendo 158 autóctones, ou seja, com transmissão dentro da cidade, 08 com local de transmissão indeterminado, 06 importados e 35 em investigação. Do total de casos de dengue, 60 foram registrados no bairro São Judas, 30 no São Vicente, 23 em Cordeiros e 10 na Fazenda – estes são os bairros mais afetados. Além disso, Itajaí detectou e eliminou até o momento 829 focos positivos do Aedes aegypti.

“A situação é bastante preocupante. Os casos de dengue estão aumentando e precisamos apoio da comunidade para realizar as atividades de prevenção em suas residências”, destaca o coordenador do Programa de Controle da Dengue de Itajaí, Lúcio Vieira. “Apesar da queda das temperaturas neste período, o mosquito ainda consegue se desenvolver de uma forma mais lenta, por isso não podemos esquecer os cuidados básicos”, completa.

O Programa de Controle a Dengue conta com 92 agentes de endemias atuando nas atividades diárias e uma equipe de atendimento a denúncias e solicitações da comunidade. Além disso, o Município segue com os trabalhos do mutirão de limpeza de terrenos baldios. Atualmente, a ação está no bairro São Vicente, onde já foram recolhidas 150 cargas de lixo e entulho.

Confira as orientações para evitar a reprodução do Aedes aegypti:

• Evitar usar pratos nos vasos de plantas. Se utilizar, colocar areia até a borda;
• Guardar garrafas com o gargalo virado para baixo;
• Deixar lixeiras tampadas;
• Deixar os depósitos para guardar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
• Tratar a água da piscina com cloro e limpá-la uma vez por semana;
• Manter ralos fechados e desentupidos;
• Lavar com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
• Retirar a água acumulada em lajes;
• Dar descarga no mínimo uma vez por semana em banheiros pouco usados;
• Manter fechada a tampa do vaso sanitário;
• Não jogar lixo e entulho em terrenos baldio, pois o local pode se tornar foco do mosquito da dengue.

Denuncie a existência de possíveis criadouros de Aedes aegypti para a Secretaria Municipal de Saúde pelo telefone (47) 3249-5573. 

Fonte: Visor Notícias

Geral

Professores de ciências participam de encontro para troca de experiências

Uso de experimentos nas aulas de ciências constitui uma relevante ferramenta no processo de aprendizagem

Geral

Vetter inicia construção de novo empreendimento em Penha

Com arquitetura contemporânea, o Coral Gables insere a cidade no rol do mercado imobiliário de luxo com aposta em soluções inéditas

Geral

Vídeo: Motorista perde controle em rotatória e quase vai para dentro de lagoa

O acidente foi registrado por volta das 3h50min em uma rotatória da cidade de Penha

Geral

“Considero ele um monstro”, pai de serial killer se desculpa por mortes

Durante uma semana de fuga, o homem matou pelo menos quatro pessoas e baleou outras três, além de fazer reféns em chácaras

Mais notícias

Segurança

Assaltante morre em confronto com a PM e dois são presos em Bombinhas

Dois criminosos foram mortos no final da tarde desta quinta-feira (17), no bairro José Amândio, em Bombinhas. Segundo informações preliminares eles haviam praticado assaltos na região da Grande Florianópoli

Cidades

Violência contra o idoso dobra durante pandemia e continua crescendo

Alerta foi feito nesta quinta-feira (17) durante Roda de Conversa entre os vereadores de São José , representantes de entidades e do município