keyboard_backspace

Página Inicial

Coronavírus

Vacinação contra Covid-19 amplia para pessoas com 50 anos nesta sexta-feira

. A imunização ocorre, das 8h às 17h, na Unidade Básica de Saúde Central, na Rua 1.500, e no drive-thru, ao lado do colégio Ivo Silveira

X

A partir desta sexta-feira (25), Balneário Camboriú começa a vacinar contra Covid-19 pessoas com 50 anos ou mais. A imunização ocorre, das 8h às 17h, na Unidade Básica de Saúde Central, na Rua 1.500, e no drive-thru, ao lado do colégio Ivo Silveira. Nas demais unidades de saúde ocorre das 8h às 12h e das 13h30 às 17h. Para se vacinar é necessário apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência.

As gestantes, puérperas (45 dias após o parto) e as lactantes que amamentam crianças de até 6 meses de idade devem se vacinar nas unidades de saúde, para receber a vacina adequada. É necessário apresentar: relatório/prescrição médica e carteira de acompanhamento da gestante/pré-natal, além de documento com foto e comprovante de residência para gestantes com 18 anos ou mais; e declaração de nascimento da criança e certidão de nascimento ou relatório médico, além de prescrição indicando a vacina Covid-19, documento com foto e comprovante de residência para puérperas e lactantes com 18 anos ou mais.

Quem mais pode receber a vacina?

Também estão aptos a receber a vacina pessoas de 18 anos ou mais com comorbidades (disponível em www.bc.sc.gov.br), síndrome de Down, transplantados, portadores de fibrose cística e pessoas com deficiência permanente. É necessário apresentar comprovante médico válido por um ano, além de documento oficial com foto e comprovante de residência.

A imunização está sendo feita em professores e auxiliares que atuam em Educação Especial e em Educação Infantil, Fundamental, Médio, Superior, além de profissionais da educação que atuam de forma presencial ou remota. Também ocorre em profissionais da equipe técnica, administrativa e pedagógica que atuam na execução do Plano de Contingência para a Educação (PlanConEdu). A imunização destes profissionais é feita na cidade em que atuam. É necessário apresentar documento oficial com foto e declaração comprobatória assinada pelo gestor da unidade escolar.

Profissionais de saúde com mais de 18 anos, que atuam em clínicas com o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), também podem receber a vacina. É necessário levar documento oficial com foto e comprovante de vínculo empregatício.

Os efetivos e estagiários das Forças de Segurança, Salvamento e Armadas também estão recebendo a vacina. Para isso, é preciso apresentar documento oficial com foto, comprovante de residência e comprovante de vínculo empregatício assinado pela chefia da corporação.

Fonte: Visor Notícias

Coronavírus

Jovem que dizia estar ‘muito ocupada para tomar a vacina’, morre de Covid-19

Ela deixa um filho de 2 anos, que tem autismo, e duas meninas, de 4 e 7 anos

Coronavírus

Covid-19: sintomas de longa duração são raros nas crianças, diz estudo

Dos 1.734 positivos relatados na aplicação móvel, apenas 77 (4,4%) ainda tinham pelo menos dois dos três sintomas mais comuns (fadiga, dor de cabeça e perda de cheiro/paladar) após quatro semanas.

Coronavírus

Coronavírus em SC: 97 municípios não registraram óbito por Covid-19 em julho

Os números relacionados à Covid-19 em Santa Catarina, como óbitos e casos ativos, apresentam melhora consistente desde o pico, em março.

Coronavírus

Covid-19: embarcações são isoladas após tripulação testar positivo

De acordo com a nota, o único navio para o qual a Anvisa acionou o plano de contingência para o uso de ambulância, para retirada de tripulantes que precisavam de atendimento hospitalar, foi o Meghna Princess.

Coronavírus

Trabalhadores industriais com 27 anos serão vacinados contra a Covid-19 em Navegantes

Os profissionais da indústria com 27 anos ou mais serão vacinados contra o coronavírus a partir desta terça-feira (3) em Navegantes.  Os trabalhadores industriais podem ser vacinados em oito unidades básicas de saúde: Central, Gravatá, […]

Mais notícias

Segurança

Veja as fotos de ritual satânico feito por estudante de medicina que matou os pais

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa

Segurança

“O diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resta”, estudante de medicina mata os pais em suposto ritual satânico

Após matar os pais, o estudante teria ligado para um familiar e dito que tinha “feito uma bobagem”