keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Vacina contra a gripe será liberada para toda população catarinense a partir de segunda

A Campanha de Vacinação contra a gripe exclusiva para os grupos prioritários acaba nesta sexta feira, 31. A partir de segunda-feira, 3 de junho, todo a população catarinense poderá procurar as unidades de saúde, nos […]

X

A Campanha de Vacinação contra a gripe exclusiva para os grupos prioritários acaba nesta sexta feira, 31. A partir de segunda-feira, 3 de junho, todo a população catarinense poderá procurar as unidades de saúde, nos municípios que ainda possuem doses disponíveis, para tomar a vacina contra a doença. A medida segue orientação do Ministério da Saúde (MS). No entanto, a imunização será feita a partir das doses que sobraram da Campanha, ou seja, sem nova remessa aos estados.

Em Santa Catarina, a cobertura vacinal entre os grupos prioritários está em 77,71%. A meta estabelecida pela Ministério de Saúde é de vacinar, pelo menos, 90% dessa população formada por: gestantes, mães até 45 dias após o parto, crianças entre seis meses a menores de seis anos, idosos com mais de 60 anos, indígenas, professores da rede pública e privada, trabalhadores de saúde, pessoas com comorbidades, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e profissionais das forças de segurança e salvamento.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), pois os representantes têm mais chances de ter complicações e até morrer em decorrência da gripe. Lia Quaresma Coimbra, gerente de imunização da DIVE/SC, vinculada à Superintendência de Vigilância em Saúde, ressalta a importância de alcançar a meta de 90% entre o público-alvo: “Os casos de gripe, na maior parte das vezes, são leves e se resolvem sem sequelas, mas nos grupos prioritários o caso pode complicar, gerar outras doenças e até mesmo levar à morte. Isso nos preocupa”.

Cobertura Vacinal Gripe (atualizada 30.05.2019)

– crianças (6 meses a menores de 6 anos): 71,17%
– gestantes: 66,76%
– trabalhadores da saúde: 67,83%
– mães até 45 dias após o parto:86,62%
– povos indígenas: 87,80%
– idosos com 60 anos ou mais de idade: 95,09%
– professores: 84,67%
– portadores doenças crônicas e condições especiais: 66,10%
– população privada de liberdade: 59,16%
– funcionários do sistema prisional: 49,31%
– profissionais das forças de segurança e salvamento: 36,49%
Cobertura total: 77,71%

Geral

BR-282 na Grande Florianópolis terá interrupções no fluxo para corte de árvores

Motoristas que passam pela BR-282 no trecho entre os municípios de Águas Mornas e Rancho Queimado, na grande Florianópolis, devem ter atenção redobrada durante este mês de abril. Uma empresa contratada pelo DNIT (Departamento Nacional […]

Geral

Vereadores catarinenses querem legalizar a maionese verde

O texto tem como objetivo a legalização da maionese caseira em bares, lanchonetes e restaurantes do município de Içara

Geral

MP quer converter pena de prisão de casal que fez sexo no Caixa D’aço em multa e trabalho comunitário

A Justiça deverá marcar uma audiência com os réus para que eles saibam da proposta e para que decidam se aceitam ou não a transação penal oferecida pela promotoria de Justiça

Geral

Restaurante e quadras de futebol são interditados por fiscalização em Itajaí

Durante a ação foram verificadas 14 denúncias e efetuados 11 termos de visita, nove autos de intimação e 14 termos de orientação, sete autos de infração

Geral

Vídeo mostra momento em que obra desaba e deixa operários feridos em Santa Catarina

A Defesa Civil aguarda resultados de laudos do Instituto Geral de Perícias (IGP) para determinar as causas do acidente

Mais notícias

Segurança

Caixa padrão: Águas de Camboriú utiliza equipamento para a segurança do consumo

O hidrômetro é responsável por realizar a medição do consumo de água dos imóveis

Utilidade Pública

Certificação reconhece a Águas de Bombinhas como ambiente seguro contra a Covid

Os cuidados básicos com os moradores e colaboradores são primordiais