keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Urubici recebe reforço da Polícia Militar para a Operação Inverno

A intenção da operação é orientar e fiscalizar os turistas na passagem pela cidade e pontos turísticos para amenizar o fluxo intenso.

X

Nossa estação mais gelada do ano, inverno, atrai muitos turistas que viajam para Serra catarinense, o que resulta em um fluxo alto nas rodovias e nas cidades da Serra Catarinense.

Em reunião anterior, a Prefeita Mariza Costa, a Secretária de Turismo Marines Walkowski e o Comandante geral da PMSC Coronel Dionei Tonet, foi possível expressar a alta demanda que Urubici vem necessitando no período de alta temporada, com pontos turísticos, restaurantes e hospedagem lotadas.

Em recepção oficial em Urubici,Tenente Wolf, agradeceu a Prefeita Mariza Costa e o Vice-Prefeito Dilmo Folster pela recepção prontamente organizada, assim como a Prefeita Mariza deu as boas-vindas aos policiais, vindos de outras cidades do estado, e externou sua satisfação em receber ainda mais policiais do que o esperado e todo reforço ofertado, para que Urubici esteja organizada por eles.

Prefeita Mariza ressaltou a todos que “Urubici é uma cidade fria, mas o coração das pessoas é quente. E para aquecer ainda mais, vejo este, como um momento histórico para nós, pois Urubici estava precisando muito desta segurança, e vocês são essenciais para esse momento que nossa cidade recebe tantos visitantes”.

Desta forma, a PM reforçou o policiamento, além dos 19 policiais militares, ainda o auxílio de 7 cavalos e 2 cães, que estarão divididos em grupos e missões, com policiamento ostensivo na parte central, pontos turísticos e hospedagens.

“O cavalo consegue trafegar em áreas que o policiamento a pé e as viaturas têm dificuldade, como ruas estreitas, com muito fluxo e terrenos de lama, e tem a locomoção mais rápida que o policiamento a pé, e temos mais visibilidade porque estamos em cima, além disso, impõe mais segurança ao policial e a população. Já os cães auxiliam em diversas atividades como detecção de drogas, armas, explosivos, busca e salvamento”, relata o Comandante do 1º Pelotão de Polícia Militar de São Joaquim, 2º Tenente Guilherme Wildner Wolf.

A intenção da operação é orientar e fiscalizar os turistas na passagem pela cidade e pontos turísticos para amenizar o fluxo intenso.

A Operação Inverno também visa fortalecer o combate à criminalidade na região Serrana de junho à agosto, em todos os finais de semana de sexta-feira à domingo, com objetivo de atender o turista e a população local, aumentando a presença da segurança pública nos pontos turísticos e de maior movimento nesta época.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Japão vê disseminação inédita da covid-19 e recorde de casos em Tóquio

Mas ele sinalizou a possibilidade de reverter a diretriz, já que a decisão de pedir que alguns doentes fiquem em casa gera críticas de especialistas médicos por colocar vidas em risco.

Geral

Menino de 14 anos mata o pai para defender mãe de agressões em condomínio de luxo de SP

Aos policiais, o filho do empresário relatou que os episódios de violência doméstica contra a mãe e contra ele eram frequentes.

Geral

Lago seca na Bolívia e cientistas temem que nunca mais volte a encher

O Lago Poopó, na Bolívia, já foi fonte de vida para os habitantes locais que pescavam em suas águas abundantes e cultivavam ao longo de suas margens. Agora, é um deserto. Cientistas dizem que o […]

Geral

Cesta básica tem segunda queda de preços do ano em Itajaí

A pesquisa anotou os valores de 40 itens em 16 estabelecimentos da cidade na primeira semana do mês de agosto.

Geral

Três homens são presos por tráfico de drogas em SC e no Paraná em ação conjunta da Polícia Civil

Em maio, a investigação identificou um paraguaio que foi a Chapecó para promover o repasse de um carregamento de cocaína.

Mais notícias

Segurança

Veja as fotos de ritual satânico feito por estudante de medicina que matou os pais

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa

Segurança

“O diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resta”, estudante de medicina mata os pais em suposto ritual satânico

Após matar os pais, o estudante teria ligado para um familiar e dito que tinha “feito uma bobagem”