keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Unimed Litoral fecha acordo com Azimut Yatchts para cuidar de funcionários e familiares

O estaleiro da Azimut Yachts se junta às quase 2.000 empresas atendidas pela Unimed Litoral

X
Divulgação

A filial produtiva do Grupo Azimut-Benetti no Brasil firmou contrato com a Unimed Litoral que passará a cuidar da saúde de mais de 600 pessoas – entre funcionários e seus familiares-, da fábrica sediada em Itajaí. O Grupo, que detém as marcas Azimut Yachts e Benetti, com matriz na Itália e representações em mais de 70 países, é líder mundial na fabricação de megaiates de luxo.

Instalada desde 2010 em Santa Catarina, produz aos clientes brasileiros e ao mercado internacional uma variedade de iates das coleções que levam a assinatura da Azimut Yachts, de 40 a 100 pés. Tratam-se de embarcações de alto luxo que chegam ao equivalente a mais de 350 m2 de área, como é o caso do modelo Azimut Grande 27 Metri, recém-lançado no Brasil.

A Unimed Litoral é a maior e mais qualificada estrutura de saúde privada na região, atende 13 cidades no entorno de Itajaí; tem um hospital e uma maternidade em Balneário Camboriú, congrega cerca de 450 médicos e 1.400 colaboradores voltados para a proteção à saúde dos seus clientes.

Durante o anúncio festivo da assinatura do contrato, nesta quinta-feira, 28, o diretor da Azimut Yachts, Francesco Caputo, enfatizou que dentro do compromisso de desenvolvimento da Azimut no Brasil, o fundamental é o investimento no ser humano, com ênfase na preservação da saúde.

Francesco disse aos funcionários que prestigiaram o anúncio do novo plano de saúde que a Azimut Yachts encontrou na Unimed Litoral não apenas um fornecedor, mas um parceiro de negócios sólido e consolidado. 

O presidente da Unimed Litoral, Dr. Umberto João d´Ávila, destacou que “nossos planos empresariais visam a prevenção e o cuidado, isso resulta em menos afastamentos por doenças e maior produtividade para nossos parceiros; por isso a direção da Azimut Yachts nos escolheu, o que nos deixa muito honrados e aumenta nossa responsabilidade”.

O estaleiro da Azimut Yachts se junta às quase 2.000 empresas atendidas pela Unimed Litoral. “Cuidamos da saúde de mais de 100 mil pessoas, dentre as quais milhares de profissionais como os da Azimut que produzem riquezas para a nossa região, o Estado e o País”, finalizou o Dr. Umberto

Fonte: Visor Notícias

Geral

Desenvolvimento Social entrega seis câmaras frias para agricultura familiar no Oeste

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social entregou seis câmaras frias para a agricultura familiar para Chapecó, Pinhalzinho, Bom Retiro, Lages, Canelinha e Xanxerê – uma para cada município. Os equipamentos são para modernizar as […]

Geral

Brasil é o país com maior número de vítimas de roubo de dados na internet

O percentual de usuários brasileiros que tentou abrir pelo menos uma vez links enviados para roubar dados representa 19,9%

Geral

Professores da FURB fazem cirurgia de implante em gavião

Após ser resgatado com sinais de possível atropelamento, o gavião-pombo-grande foi encaminhado ao Serviço de Atendimento de Animais Silvestres de Blumenau e teve que ter sua perna amputada.

Geral

Whatsapp habilita ligações de áudio e vídeo para desktop

Por ora, o recurso está disponível apenas para ligações individuais no app do WhatsApp para computador

Geral

Ex-servidor que continuou a receber mesmo após exonerado devolverá 8 meses de salário

O juízo da Vara da Fazenda da comarca de Lages condenou um homem a devolver oito meses de salário ao Município. O ex-servidor continuou a receber indevidamente os valores mesmo depois de pedir exoneração. O […]

Mais notícias

Geral

Desenvolvimento Social entrega seis câmaras frias para agricultura familiar no Oeste

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social entregou seis câmaras frias para a agricultura familiar para Chapecó, Pinhalzinho, Bom Retiro, Lages, Canelinha e Xanxerê – uma para cada município. Os equipamentos são para modernizar as […]

Geral

Brasil é o país com maior número de vítimas de roubo de dados na internet

O percentual de usuários brasileiros que tentou abrir pelo menos uma vez links enviados para roubar dados representa 19,9%