keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Unidades escolares de São José compartilham experiências no 2º Encontro das Escolas de Educação Integral

CEM São Luiz detalha projetos pedagógicos desenvolvidos na unidade escolar

O Centro Educacional Municipal (CEM) José Nitro, no bairro Serraria, em São José, registrou um salto no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do 5º ano no período de 2007 a 2019, passando de 2,8 para 7,3. Para a diretora Kátia Regina Ventura, o avanço é resultado do Programa Mais Educação, uma parceria da Prefeitura de São José com o Ministério da Educação para oferecer ensino em tempo ampliado para os estudantes.

“Começamos com o Mais Educação em 2010 como estratégia para aprimorar o processo de ensino-aprendizagem. Conforme o último Ideb, alcançamos o objetivo e por isso infelizmente não pudemos renovar a parceria com esse programa federal. Porém, com a sensibilidade dos gestores municipais implantamos neste ano a educação em tempo integral, por iniciativa da Prefeitura de São José”, frisou.

O relato da diretora foi compartilhado no 2º Encontro das Escolas de Educação Integral, realizado na quarta-feira (6), no CEM São Luiz, bairro São Luiz. “O objetivo dos Encontros é que professores, diretores e equipe pedagógica troquem experiências para fortalecimento das atividades desenvolvidas nas escolas de educação em tempo integral e ampliado da rede municipal de ensino”, ressaltou a assessora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Jucineide Martendal Schmitz.

Atualmente, quatro unidades da rede municipal de ensino oferecem educação em tempo integral ou com jornada ampliada. Além do CEM José Nitro, do CEM São Luiz e da Escola Básica Municipal Professor Altino Corsino da Silva Flores que oferecem educação em tempo integral, o CEM Jardim Solemar começou neste ano a jornada ampliada. Os encontros estão percorrendo cada uma dessas quatro unidades educacionais.

Anfitriã do 2º Encontro, a diretora do CEM São Luiz, Myrna Jaqueline dos Santos, detalhou a rotina e os projetos em curso para atender os alunos do 1º ao 5º ano com educação em tempo integral. “Os alunos da educação em tempo integral permanecem nove horas diárias na escola. Então, nossa equipe tem que estar atenta a todos os detalhes para assegurar ensino de excelência, refeições e higiene bucal”, explicou Myrna.

Projetos Pedagógicos no CEM São Luiz
Dos projetos educacionais em atividade no CEM São Luiz, a equipe destacou três. No projeto “Meu olhar e minha história por trás da foto”, a fotografia é utilizada como instrumento da contação e percepção da própria história do aluno e da comunidade, além de ampliar a capacidade expressiva em manifestações culturais. Ao final do ano letivo, a proposta é que os estudantes produzam um álbum autoral.

Já no Quarto de Notícias, os alunos do 4º ano foram convidados a refletirem sobre a importância das informações jornalísticas e construíram um jornal-mural com as notícias da escola. “Com esse projeto, despertamos o hábito da leitura do jornal, a produção textual como se os alunos fossem repórteres e incentivamos o ensino multidisciplinar, porque eles digitaram e diagramaram o conteúdo nas aulas de informática, produziram gráfico nas aulas de matemática e relataram os estudos de Geografia no jornal-mural”, contou a professora Cristiane Viana Teodósio.

Outro projeto que está despertando a atenção dos estudantes é o “Conversa com o Autor”. Daiana Antunes, autora e ilustradora do livro “Theo e o Segredo da professora Lia”, explica para as crianças o processo de criação de um livro, conta a história e ao final realiza um amigo-secreto, assim como acontece na obra literária. “Nossa intenção é despertar o interesse pela literatura, incentivar a produção textual e o encantamento pelos livros”, contou a autora, que também é orientadora educacional do CEM São Luiz.

Para a diretora, a educação em tempo integral representa uma política pública em constante construção e aprimoramento. “A escola tem papel fundamental na construção dos cidadãos. Esse espaço de educação é referência de ensino, de lazer e de respeito, que ultrapassa os muros da escola e de casa em casa vai transformando São José”, observou.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Geral

Shurastey será cremado nos EUA e enviado junto com corpo de Jesse Koz para Balneário Camboriú

O dinheiro para o translado foi levantado em poucas horas por meio de uma vaquinha online que bateu a meta de R$120 mil

Geral

Presos concluem ensino superior e formatura é realizada dentro de Tribunal do Júri em Itapema

Esta foi a primeira vez na história da comarca que o Judiciário local sediou tal evento

Geral

Prefeitura será investigada por pagar R$ 800 mil por show do Gusttavo Lima

A contratação não é ilegal, mas o Ministério Público questionou a prefeitura sobre como dinheiro do cachê foi arrecadado

Geral

Casal de amigos viu o acidente que matou Jesse Koz e Shurastey

O casal passou o último final de semana junto com a dupla de Balneário Camboriú em um acampamento no Oregon

Geral

Havan é eleita uma das empresas mais inovadoras do sul do país

O prêmio "Campeãs da Inovação mede as 50 empresas e instituições mais inovadoras do sul do Brasil, é realizado há 18 anos pelo Grupo Amanhã

Mais notícias

Mundo

Autora de ‘Como matar seu marido’ é condenada por matar seu marido nos Estados Unidos

Nancy Brophy escreveu um ensaio sugestivo sobre o crime anos antes da morte do cônjuge

Mundo

FBI fez alerta sobre tendência de alta de ataques em massa na véspera de massacre no Texas

Veja números de mortes por armas nos EUA, onde há mais de um ataque em massa por dia.