keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Tutoras entregam cachorrinho em ONG para adoção por ele estar idoso e ter mau cheiro

Integrantes da ONG Viva Bicho, de Balneário Camboriú, presenciaram uma história de cortar o coração nessa segunda-feira (17). Duas tutoras,  avó e a neta, foram até a sede da entidade para deixar um cão para adoção. O motivo era que o bichinho estava idoso e tinha mau cheiro.

A história foi relatada na página da ONG Viva Bicho no Facebook. De acordo com os administradores da página, o fato foi divulgado para uma reflexão sobre a capacidade do quanto um ser humano consegue ser cruel com os animais. 

Durante o atendimento, ao ouvir o relato da avó sobre os motivos de levar o animal para o abrigo, uma representante da ONG questionou a neta se a avó teria o mesmo destino do cãozinho, já que ela também já estava idosa. Constrangidas com a situação, as duas tentaram recuar e levar o animal para casa, mas os protetores não deixaram. 

Em uma hora, a postagem repercutiu bastante. Foram mais de 150 comentários de pessoas repudiando a atitude da avó e da neta e reconhecendo o esforço das voluntárias da ONG. A reportagem do Visor Notícias entrou em contato com a ONG para saber se o cachorrinho já foi adotado. Uma pessoa já apresentou interesse para a adoção. Ele passará por avaliação veterinária nesta terça-feira e ficará disponível para ser adotado pela nova tutora. Paula Holand, da diretoria da Viva Bicho, reforçou que a ONG não é local de descarte de animais, a missão da entidade não é essa.

Confira o o relato completo feito na página da ONG Viva Bicho 

Geral

Leilão do Instituto Guga Kuerten segue até o final de setembro

IGK está leiloando camisetas oficiais de times de futebol

Geral

Hospital Marieta se prepara para iniciar tratamentos com radioterapia aos pacientes do SUS

Medida beneficiará os pacientes oncológicos dos 11 municípios que compõem a Amfri

Brasil, Geral

Medidas provisórias liberam R$ 2,5 bilhões para vacinas contra coronavírus

Os R$ 2,5 bilhões serão liberados para o Fundo Nacional de Saúde na forma de créditos extraordinários

Geral

Deputado Kennedy Nunes será relator da denúncia no Tribunal Especial de Julgamento do Governador

Kennedy terá o prazo de 10 dias, contados a partir de segunda-feira (28), para apresentar seu parecer

Geral

Ministro do STF decide que Estado terá que ajudar Hospital Ruth Cardoso com R$ 2 milhões por mês

Estado continua obrigado a prestar suporte mensal de R$ 2 milhões para manutenção dos serviços do hospital

Mais notícias