keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Turista do RS morre afogado no mar de Laguna

Ele foi arrastado pela correnteza e a namorada perdeu o contato visual com a vítima

X
Divulgação

Na tarde desta segunda-feira (15), um turista morreu afogado na praia da Galheta Sul, em Laguna. Guarda-vidas foram acionados para atender uma ocorrência de afogamento e trabalharam para procurar o homem com apoio de duas embarcações.

O homem de 31 anos era um turista morador de Farroupilha, no Rio Grande do Sul, que estava tomando banho no mar com a namorada na prainha da Galheta Sul. Ele foi arrastado pela correnteza e a namorada perdeu o contato visual com a vítima.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Papa Francisco deixa o Iraque após visita de três dias

Os cristãos no Iraque são atualmente 01% da população, depois de terem constituído cerca de 06% dos habitantes do país, há duas décadas.

Geral

Morre passageira de moto que sofreu acidente com caminhão na BR-101

Sandra estava internada no Marieta Konder, em Itajaí

Geral

Casal que sofreu acidente na BR-101 dirigia moto dos sonhos comprada há dois meses

Sandra e Anderson voltavam de um passeio por Campo Alegre, no Planalto Norte, quando, na volta, foram atingidos pelo caminhão

Geral

Menino de 13 anos desaparece após submergir em rio de Santa Catarina

O trabalho de buscas foi reiniciado no início da manhã deste domingo (7)

Geral

Caminhões não podem entrar em Porto Belo pela via principal

O Governo do Município de Porto Belo através do Decreto Nº 2.701, delimita o acesso de caminhões de grande porte ao Município. Considerando que o acesso principal do Município, pela Avenida Governador Celso Ramos através […]

Mais notícias

Segurança

Denúncias de violência contra a mulher somam 105,6 mil em 2020

Do total de registros, 72% (75.753 denúncias) são referentes à violência doméstica e familiar contra a mulher

Economia

Sebrae: pandemia reduz participação de mulheres nos negócios

A maior parte das mulheres (51%) disse que não buscou empréstimo bancário para a sua empresa desde o começo da crise, enquanto 54% dos homens buscaram.