keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Tribunal do Júri de Balneário Camboriú condena dois acusados pela morte de empresário

Crimes ocorreram em janeiro de 2020, quando Cavazzotto foi assassinado na frente de casa

Os dois acusados da morte do empresário Luiz Cavazzotto.que começaram a ser julgados ontem pelo Tribunal do Júri de Balneário Camboriú foram condenados na tarde desta quinta-feira (28/4). O advogado Felix Raichardt, mandante do crime, foi condenado a 17 anos e 10 meses de reclusão em regime inicial fechado por homicídio duplamente qualificado e adulteração de placa de veículo. O executor, Carlos Eduardo Conceição Martins, terá que cumprir uma pena maior, 33 anos, um mês e 13 dias, pelos crimes de homicídio duplamente qualificado, roubo qualificado e adulteração de placa, também em regime inicial fechado.

Perante o Júri, os Promotores de Justiça Luis Eduardo Couto de Oliveira Souto – da 8ª Promotoria de Justiça da Comarca de Balneário Camboriú -, Alexandre Carrinho Muniz e Marcio Cota – do Grupo Especial de Atuação do Tribunal do Júri (GEJURI) do MPSC – sustentaram que o homicídio foi duplamente qualificado por ter sido praticado por motivo torpe e sem possibilidade de defesa pela vítima.

Os crimes ocorreram em janeiro de 2020, quando Cavazzotto foi assassinado na frente de casa. Conforme a denúncia do Ministério Público, Raichardt, junto com sua namorada – ela é uma das denunciadas que será julgada em outra data, juntamente com mais outros dois acusados – planejou o homicídio e mandou executá-lo por que o empresário cobrava dele uma dívida referente à venda de um carro no valor de R$ 100 mil.

Por meio de um amigo, preso depois no Rio Grande do Sul, o casal contratou Martins para executar o crime.

Na véspera do assassinato, Martins roubou um veículo em Itajaí e, junto com o advogado, trocou a placa por outra, clonada. O veículo foi usado na execução.

No dia do crime, o denunciado apontado como o autor dos disparos estacionou próximo à casa do empresário e o advogado ficou próximo do local. Quando a vítima foi se despedir do amigo na frente da sua casa, o criminoso a alvejou com seis tiros, causando a morte de Cavazzotto no local.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Mãe que jogou filha contra parede e espancou a menina por ela sujar o chão da casa é condenada em SC

Mulher ainda deu vários tapas no rosto da criança até cortar aboca da menina

Segurança

Ação conjunta da PRF e PMRv apreende 21 mil maços de cigarros contrabandeados em Itajaí

Ao abrir o compartimento de carga, os policiais encontraram a mercadoria paraguaia

Segurança

Surfista cai de prancha e precisa ser resgatado por helicóptero em SC

Durante o surfe, ele apresentou queda da prancha seguido de ferimento com sangramento em região de quadril

Segurança

Fotógrafo falso furta objetos de pessoas durante feira em Porto Belo

Uma mulher sentiu a falta de sua bolsa e, com ajuda do rastreador do iPhone, chegou até o jovem que já estava na praia de Bombas

Mais notícias

Segurança

Mãe que jogou filha contra parede e espancou a menina por ela sujar o chão da casa é condenada em SC

Mulher ainda deu vários tapas no rosto da criança até cortar aboca da menina

Segurança

Ação conjunta da PRF e PMRv apreende 21 mil maços de cigarros contrabandeados em Itajaí

Ao abrir o compartimento de carga, os policiais encontraram a mercadoria paraguaia