keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Três pessoas são condenadas por matar e cortar cabeça de jovem por causa de dívida de drogas

Três pessoas denunciadas pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) foram condenados em Joinville pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e destruição e ocultação de cadáver. As penas aplicadas variaram de 19 a 23 anos […]

X
Imagem Ilustrativa/Visor Notícias

Três pessoas denunciadas pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) foram condenados em Joinville pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e destruição e ocultação de cadáver. As penas aplicadas variaram de 19 a 23 anos de prisão, em regime inicial fechado. O motivo do crime foram dívidas com o tráfico de drogas comandado pela facção criminosa da qual os réus faziam parte.

A denúncia apresentada pela Promotoria de Justiça da Comarca de Joinville relata que, em 2017, Bruno Borges, Lucas Fernando Krobbel e Mayara Magali Martins, integrantes de uma organização criminosa, planejaram o crime em função de uma dívida oriunda do tráfico de drogas que a vítima, Brendo da Silva, tinha com a facção.

Assim, quando o denunciado caminhava pela rua, foi surpreendido pelo trio, colocado dentro de um carro e levado ao local onde o homicídio foi praticado. Brendo teve os pés amarrados e foi morto com diversos golpes de faca no abdômen, tortura que foi filmada pelos criminosos. Os réus ainda decapitaram o cadáver e tentaram desmembrar braços e pernas, antes de colocá-lo em uma cova.

Conforme sustentado pelo Promotor de Justiça, os réus foram condenados por homicídio triplamente qualificado – pelo motivo torpe, tortura e impossibilidade de defesa pela vítima. Mayara foi condenada a 23 anos e seis meses, Lucas a 19 anos e dois meses e Bruno a 22 anos e dois meses de reclusão, todos em regime inicial fechado. Presos preventivamente no decorrer da investigação – fato que perdurou até o julgamento -, não poderão apelar da sentença em liberdade. A decisão é passível de recurso

Fonte: MPSC

Geral

Unimed Litoral está entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil

A Unimed Litoral está entre os 100 Lugares Incríveis para Trabalhar no Brasil, premiação concedida pelo Universo Online e Fundação Instituto de Administração (FIA) com base na opinião dos colaboradores de centenas de empresas avaliadas. […]

Geral

Morador de rua morre em padaria que segue aberta até corpo ser recolhido

Corpo do morador de rua ficou no local por quase três horas

Geral

Vídeo mostra mulher abandonando filha recém-nascida em lixeira de Balneário Camboriú

Um vídeo mostra a mulher caminhando com uma sacola nas mãos de forma tranquila

Geral

Mãe de recém-nascida encontrada em lata de lixo é localizada e diz estar arrependida

Um vídeo mostra a mulher caminhando com uma sacola nas mãos de forma tranquila

Geral

Bombinhas divulga novos horários de entrada de ônibus e caminhões

A Prefeitura de Bombinhas publicou o O Decreto Municipal nº 2.678, que altera a regulamentação da utilização de vias públicas para entrada e estacionamento de ônibus e caminhões de carga e descarga

Mais notícias