keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Trabalhadores aceitam R$ 7,50 para plantar mil mudas de cebolas e são resgatados sem comida em lavoura de SC

Sem comida e em situação extremamente precária, 18 trabalhadores foram resgatados

X
Foto: Divulgação

Sem comida e em situação extremamente precária, 18 trabalhadores foram resgatados e uma lavoura de cebola na cidade de Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí. A ação ocorreu após uma denúncia. Equipes do Ministério Público do Trabalho de Santa Catarina foram até o local e encontraram os homens que vieram do Pernambuco com a promessa de receber R$ 7,50 a cada mil mudas de cebolas plantadas.

Conforme o MPT, quando já estavam em Santa Catarina, os trabalhadores conheceram uma pessoa que se ofereceu para “agenciar” as contratações deles em diferentes propriedades na região. O homem – conhecido pelos trabalhadores como “gato” – fugiu com o dinheiro que deveria ter sido repassado para as vítimas.

A inspeção na propriedade ocorreu através de uma ação feita pelo procurador do Trabalho Acir Alfredo Hack, Coordenador da Conaete (Coordenadoria Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo) no MPT-SC, com o auxílio da Polícia Federal.

Situação degradante

Segundo o MPT, os trabalhadores estavam divididos em dois grupos: nove estavam alojados em uma casa dentro da propriedade onde trabalhavam e outros nove em um imóvel alugado por eles no Centro de Imbuia, no Alto Vale do Itajaí.

O dono da plantação informou ao MPT que repassou R$ 11 mil ao aliciador, dinheiro que deveria ser repassado aos trabalhadores. Foi com este dinheiro que o “gato” fugiu, deixando os trabalhadores sem pagamento, sem comida e sob a ameaça de serem despejados por conta da falta de pagamento do aluguel.

Conforme o procurador do MPT, não foi identificada a situação de trabalho análogo ao de escravo, mas sim irregularidades trabalhistas graves, como falta de registro profissional e de pagamentos pelos serviços prestados.

Compromisso

O dono da propriedade se comprometeu com o MPT a assinar a carteira de trabalho dos 18 homens, pagar pelos serviços prestados e não repassados pelo aliciador e arcar com as verbas rescisórias daqueles que desejarem retornar para casa, já que a época do plantio de cebola está terminando.

O pagamento será feito nesta terça-feira (31) e acompanhado pelo procurador do Trabalho Piero Rosa Menegazzi, responsável pela Procuradoria do Trabalho no Município de Blumenau, que abrange a cidade de Imbuia.

As investigações seguem para identificação do aliciador que, após saber que houve a denúncia, estaria ameaçando o dono da plantação e os trabalhadores vítimas do golpe.

Histórico

O Alto Vale do Itajaí te, infelizmente, um triste histórico em relação ao casos de trabalho análogo ao escravo. Em 2020, quase 100 trabalhadores foram resgatados nessas condições na região. Somente em uma operação, 43 pessoas foram retiradas de condições degradantes. Apesar da atuação do MPT para fiscalizar e resgatar trabalhadores nessas situações, a utilização de mão-de-obra de outros estados com pagamentos muito baixos e tratamentos fora da legislação trabalhista ainda é recorrente na região

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Jovem mata amiga a facadas para testar se era psicopata

A vítima foi dada como desaparecida entre 24 e 30 de agosto. O delegado que está à frente do caso contou detalhes do assassinato, nesta quarta-feira (15)

Segurança

Membro de organização criminosa que atua em todo o Brasil é preso em SC

Na tarde da terça-feira (14), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Diretoria Estadual de Investigações Criminais, da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais, da Delegacia de […]

Segurança

Homem é preso por embriaguez ao volante e tentativa de estupro em SC

Na terça-feira (14), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Lages, prendeu em flagrante um homem que conduzia seu veículo sob influência de álcool e pretendia levar sua […]

Segurança

Orangotango era explorada como prostituta em bordel; animal foi treinada para fazer sexo com humanos

Animal vivia com a face maquiada, usava joias e tinha as partes íntimas depiladas

Mais notícias

Segurança

Jovem mata amiga a facadas para testar se era psicopata

A vítima foi dada como desaparecida entre 24 e 30 de agosto. O delegado que está à frente do caso contou detalhes do assassinato, nesta quarta-feira (15)

Geral

Vítima de um AVC que o tirou dos palcos, Ivonir Machado homenageia o irmão, Airton Machado, morto nesta semana

O Rei da Vanera lembrou os tempos de criança, quando começou a cantar ao lado do irmão, que era o líder do Garotos de Ouro