keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

“Temperatura pode atingir valores que as pessoas jamais experimentaram em suas vidas”, diz meteorologista

"Ondas de calor que marcam história e entram para a estatística como as mais intensas”, observa a meteorologista Estael Sias

Foto: Ilustrativa

As máximas previstas para esta sexta-feira e o fim de semana vão ficar cerca de 10ºC ou mais acima das médias máximas históricas do mês de janeiro. E o calorão não vai dar trégua. No sábado e domingo a previsão indica a fase pior dessa onda de temperaturas altas que atingem o Sul do Brasil.

“A temperatura em algumas cidades deve atingir valores que as pessoas jamais experimentaram em suas vidas pela excepcionalidade do calor previsto que trará máximas sem precedentes em várias décadas e talvez até um século”, desta a MetSul. “Trata-se de um desvio incomum e que somente se observa nesta época do ano em ondas de calor que marcam história e entram para a estatística como as mais intensas”, observa a meteorologista Estael Sias

Um alerta foi emitido pela MetSul Meteorologia sobre o calorão excepcional. No Rio Grande do Sul os termômetros devem passar dos 40ºC. Em Santa Catarina a situação está parecida. Praticamente todo o Estado tem registrado altas temperaturas. Florianópolis na tarde desta sexta-feira (21), registra 31º e sensação de quase 40º. No Oeste, em Chapecó, os termômetros já estão registrando 40º com sensação térmica que passa dos 52º.  A onda de calor que já derrubou recordes e estabeleceu marcas históricas entrará no seu período de maior intensidade com novas marcas muito raras ou mesmo inéditas em diversos municípios catarinense e do Rio Grande do Sul.

Conforme a MetSul, o recorde oficial de maior temperatura já registrada no Rio Grande do Sul pode ser ameaçado. A marca é de 42,6ºC e foi observada em Alegrete em 19/1/1917 e em Jaguarão em 1º de janeiro de 1943. Estações meteorológicas particulares no interior gaúcho, em particular no Noroeste, têm há dias indicado máximas tão altas quanto 43ºC a 44ºC, entretanto somente temperatura observada oficialmente em equipamentos do Instituto Nacional de Meteorologia são computadas para fins de recorde na climatologia histórica.

Balanço da MetSul aponta que várias estações já atingiram recordes e marcas históricas nesta onda de calor. Porto Alegre, que possui dados desde 1910, anotou no último domingo (16) uma máxima de 40,3ºC. Foi a quarta maior máxima oficial na cidade em 112 anos de observações e apenas a terceira vez no último meio século, desde que os registros passaram a ser feitos no Jardim Botânico, em que a capital gaúcha anotou máxima acima de 40ºC. O recorde é de 40,7ºC de 1º de janeiro de 1943 e que por pouco não foi igualado em 6 de fevereiro de 2014 com 40,6ºC.

Bagé registrou no dia 13 temperatura máxima de 41,7°C, recorde absoluto desde a abertura da estação convencional em janeiro de 1912. São Luiz Gonzaga no dia 19 anotou 41,5ºC, a segunda maior máxima desde o começo dos registros em 1913. Nesta quinta (20), Uruguaiana bateu em 42,1ºC, segunda maior máxima desde o começo das medições em 1912, marca só superada pelos 42,2ºC de 1986 e que bateu os 42,0ºC da grande histórica onda de calor de janeiro de 1943. Foi o primeiro registro de 42ºC e a maior máxima na rede do Inmet desde 1986. Teutônia, Santiago, Rio Pardo e Quaraí, dentre outras cidades com histórico de apenas 20 anos em suas estações automáticas, anotaram as maiores máximas desde o começo das medições. Informações são da MetSul.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Geral

Fotos: Geada transforma as paisagens da Serra Catarinense

Fotos do fotógrafo Wagner Urbano mostra como a geada afetou as paisagens das cidades da Serra

Geral

Mourão visita feira da FIESC, em Florianópolis

O vice-presidente da República esteve na feira de tecnologias e produtos de defesa nesta sexta-feira (20), na Base Aérea de Florianópolis

Geral

Veja quais postos de Santa Catarina venderão gasolina a R$4,99 o litro

Cada cliente poderá abastecer atá 15 litros por carro e cada filial disponibilizará 5 mil litros de gasolina comum pelo valor diferenciado

Geral

Bolsa Estudante: Auxílio começa a ser pago aos estudantes contemplados nesta sexta-feira

Os bolsistas que informaram uma conta corrente do Banco do Brasil receberam ambas as parcelas nesta sexta

Geral

Trabalho de monitoramento contra dengue é intensificado pela Prefeitura de BC

Outra ação de combate à dengue são palestras nas escolas de Balneário Camboriú.

Mais notícias

Segurança

Jovem de 19 anos morre após capotar o carro e cair em córrego

A vítima teve o corpo parcialmente lançado para fora do carro

Segurança

Jovem é encontrado morto em calçada com a boca cheia de terra

Segundo informações, o jovem foi encontrado em uma calçada, inconsciente e com sinais de espancamento na cabeça