keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Tarifa Social beneficia famílias de Bombinhas

Saiba quem tem direito e como se inscrever na Tarifa Social

A Tarifa Social da Águas de Bombinhas, benefício concedido a moradores de baixa renda, já auxilia 16 famílias na cidade. Com o auxílio, o cliente chega a pagar até um quarto do valor total da tarifa. Para ter direito ao benefício, é necessário fazer um cadastro direto na empresa.

Conforme a supervisora da área comercial, Claudia Rodrigues, é preciso que o morador se enquadre em alguns requisitos para ter direito à Tarifa Social. Um deles é de ter no máximo renda de um salário mínimo por família. “O primeiro passo é fazer parte do cadastro único organizado pelo CRAS, o Centro de Referência da Assistência Social. Lá os moradores recebem a documentação necessária para dar entrada no pedido”, comenta.

Ainda conforme a supervisora, após a apresentação do cadastro, cada caso é analisado individualmente. “Já atendemos casos bastante tocantes, onde a pessoa não tinha água tratada em casa e isso afetava diretamente a saúde da família. Fizemos a instalação e hoje a qualidade de vida dos moradores já é melhor”, completa.

Após aprovado, o benefício tem duração de 12 meses, com renovação mediante a atualização do cadastro. O valor do desconto pode variar de 70 a 80%, dependendo do consumo da família. Confira quem pode solicitar a Tarifa Social:

 

·         Clientes residenciais com ligação simples (uma economia)

·         Clientes com consumo médio de 25m³/mês média nos últimos 12 meses

·         Clientes adimplentes com Águas Bombinhas (Débito liquidado ou parcelado)

·         O imóvel não poderá ultrapassar 70m³ (setenta metros quadrados) de área construída para fins residenciais.

·         Os moradores do imóvel não poderão possuir outro imóvel, bem como veículo automotor.

·         Renda familiar até um salário mínimo.

·         Inscrição no Seguro Desemprego com benefício de até um salário mínimo

Cidades

Frigorífico da Grande Florianópolis aproveitava carnes vencidas em produtos processados e embutidos

A Polícia Civil de Biguaçu, na Grande Florianópolis, abriu inquérito para investigar um frigorífico que utilizava carnes vencidas em alimentos processados. O estabelecimento foi fiscalizado e autuado pela Vigilância Sanitária da cidade em uma ação […]

Cidades

Secretaria da Agricultura interdita cultivos de ostras e mexilhões da Ponta de Baixo, em São José

Está proibido retirar e comercializar ostras, mexilhões, vieiras, berbigões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia dessa área

Cidades

Itajaí é a cidade com os imóveis de maior valorização do Brasil

Variação mensal do preço de venda de imóveis residenciais foi de 1,56% em março

Cidades

Prefeito de Itapoá visita Porto Belo para conhecer Leis e Projetos

O objetivo da visita foi conhecer os projetos futuros e obras custeadas por outorga onerosa, regulamentada em Porto Belo através da Lei Complementar 42/2012

Cidades

Audiência Pública discute LDO e PPA em Porto Belo

A Lei de Diretrizes Orçamentárias, - LDO, estabelece as metas e prioridades da Administração Pública para o exercício financeiro seguinte, orientando a elaboração e execução do Orçamento

Mais notícias