keyboard_backspace

Página Inicial

Coronavírus

Tabacaria é interditada pela terceira vez em Itapema

Na madrugada desta segunda-feira (07), uma tabacaria foi interditada novamente como medida cautelar, por descumprimento às medidas de enfrentamento à pandemia

X
Divulgação

As equipes de fiscalização trabalharam em vistorias em cima do cumprimento das medidas de prevenção contra o novo coronavírus na cidade de Itapema no último final de semana.

Na madrugada desta segunda-feira (07), uma tabacaria foi interditada novamente como medida cautelar, por descumprimento às medidas de enfrentamento à pandemia. A tabacaria desrespeitou o Decreto n° 970/2020, que limita o horário de funcionamento e a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Essa é a terceira vez que a mesma tabacaria é interditada em Itapema. A manutenção da interdição será até o julgamento dos dois Processos Administrativos que já haviam sido instaurados contra o estabelecimento.

Fonte: Visor Notícias

Coronavírus

Caminhões com carga de oxigênio chegam a Manaus

Seis veículos saíram de Porto Velho; viagem durou mais de três dias

Coronavírus

Casa de eventos de Joinville é interditada após descumprir regras contra a Covid-19

Na noite deste sábado (23), uma casa de eventos foi interditada por sete dias após denúncias de aglomerações. Um vídeo divulgado em um perfil do Instagram que denuncia locais que desobedecem as regras de quarentena, […]

Coronavírus

Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford

Amazonas, Ceará, DF, Minas e Rio estão com as doses

Coronavírus

Santa Catarina recebe mais 47,5 mil doses da vacina contra a Covid-19 neste domingo

Local da chegada das vacinas em Florianópolis será no Floripa Airport

Coronavírus

MPSC monitora a execução da campanha de vacinação contra covid-19 segundo os planos estadual e municipais de imunização

A vacinação deve ocorrer de acordo com os planos para o atendimento aos públicos prioritários conforme o que foi estabelecido pelo Ministério da Saúde e adotado pelo Estado. Promotorias de Justiça receberam material técnico para a instauração de procedimentos de acompanhamento das ações de vacinação e as redes sociais do MPSC orientam a população sobre como as suspeitas de "fura-fila" ou outras possíveis irregularidades podem ser comunicadas ao Ministério Público

Mais notícias