keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Suspeito de matar homem com mais de 20 tiros é preso em Santa Catarina

A Polícia Civil prendeu na tarde desta quinta-feira (08) um homem suspeito de integrar uma organização criminosa e que era foragido da Justiça desde fevereiro. Ao ser preso, em Lebon Régis, ele tinha em sua […]

Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil prendeu na tarde desta quinta-feira (08) um homem suspeito de integrar uma organização criminosa e que era foragido da Justiça desde fevereiro. Ao ser preso, em Lebon Régis, ele tinha em sua posse quatro armas de fogo e mais de cinquenta munições.

O homem estava escondido em uma barraca no meio de um matagal, em um assentamento. Ele vivia no local com a mulher, que também foi presa pela posse do armamento. Havia dois mandados de prisão contra ele.

O preso é suspeito de um homicídio em maio deste ano na linha vitória em Lebon Régis, quando a vítima foi atingida por mais de 20 disparos de arma de fogo. Os outros dois suspeitos do crime já haviam sido presos também pela Polícia Civil. O casal foi autuado em flagrante pela posse das armas e depois encaminhado ao presídio regional de Caçador.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Irmãos traficantes são detidos pela polícia em Itapema

O homem que foi flagrado com a droga afirmou que a maconha pertencia ao outro, que é seu irmão menor de idade

Segurança

Pedófilo europeu de 77 anos procurado internacionalmente é preso em SC

O abuso sexual contra a criança ocorreu em 2019 e o idoso era procurado pela Justiça portuguesa desde então

Segurança

Homem invade UTI e mata paciente com cinco tiros

A vítima estava internada após ter sobrevivido a uma tentativa de homicídio na madrugada de domingo (14)

Segurança

Homem que tentou matar esposa por não aceitar separação e divisão de bens é condenado

Em sessão do Tribunal do Júri da Comarca de Braço do Norte, o réu foi sentenciado a 10 anos e oito meses, em regime inicial fechado, por tentativa de feminicídio qualificado por motivo fútil e emboscada.

Segurança

Mulher que teve casa incendiada morre com 80% do corpo queimado

A filha da vítima também ficou ferida com as chamas

Mais notícias

Cidades

Itapema realiza audiência para apresentação da LDO 2023

A reunião aconteceu nesta segunda-feira (15/08) auditório da Prefeitura de Itapema

Cidades

Vereador Xepa pede brinquedos para crianças com deficiências nos parques de Itapema

O vereador se une à uma luta de muitas mães de filhos e filhas especiais