keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Superlotação em hospitais coloca cidades do Litoral Norte em alerta

As prefeituras e as direções das unidades de saúde pedem que as pessoas evitem ir aos hospitais por questões simples, como a procura por uma consulta que pode ser agendada depois

Reprodução

Muita gente na fila e hospitais lotados.  Essa é a situação desde as primeiras horas de 2022 no Litoral Norte e em boa parte de Santa Catarina. A maioria dos casos é de síndrome respiratória o que pode indicar a infecção por Covid-19 ou a gripe influenza H3N2.

As prefeituras e as direções das unidades de saúde pedem que as pessoas evitem ir aos hospitais por questões simples, como a procura por uma consulta que pode ser agendada depois. Isso também para evitar que se contaminem com as pessoas questão estão nas salas de espera.

As equipes também estão sendo reforçadas para garantir o atendimento. No Centro Integrado de saúde de Itajaí estão sendo atendidas quase mil pessoas por dia com os mesmos sintomas.

A partir da última quarta-feira (29), a unidade passou a atender com 13 salas para pacientes com sintomas respiratórios em cada plantão. Já a UPA do Cordeiros segue com quatro consultórios médicos por plantão.

A secretaria de Saúde reforça o pedido à população para que, em casos de sintomas respiratórios leves, o paciente busque atendimento na unidade de saúde de referência do bairro. Em casos mais graves o usuário deve ir até uma das UPAs 24h que seguem com atendimento ininterrupto.

Os médicos estão atentos aos casos da variante omicron no Estado. A tendência é de que o numero de casos de covid deve subir. Florianópolis, São José, Jaraguá do Sul e Balneário Camboriú já registraram a variante.

Para o epidemiologista da Unisul, Jefferson Traebert, é importante lembra que “a pandemia não acabou. Devemos manter máscaras, distanciamento e principalmente álcool. A vacinação neste momento é fundamental”.

O estado também  investiga em torno de 10 casos de “flurona”, a infecção por coronavirus e influenza

A “flurona” é uma dupla infecção da Covid-19 e pela influenza H3N2. “Estamos investigando. Os casos estão em andamento no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública), estamos validando os resultados preliminares para poder tornar isso público”, revela o chefe da pasta.

As cidades onde foram identificados os casos e o prazo para os resultados saírem não foram revelados. Flurona é uma designação definida a partir dos termos “flu” (gripe, em inglês) e “rona” (de coronavírus).

“É uma situação que nos preocupa, já temos casos da Ômicron sendo investigados e agora temos esse fato novo. Os sintomas são similares, precisamos ficar atentos e identificar as regiões de maior risco”, reforça Motta Ribeiro.

O secretário reforça que a população deve se vacinar contra o vírus Influeza e contra a Covid-19. “Vacinados correm risco menor de adoecer”, explica.

Questionado se as festas de fim de ano preocupam para uma possível piora no cenário pandêmico no Estado, Motta Ribeiro admitiu que as próximas semanas serão decisivas.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Nova diretoria da OAB Camboriú é empossada

Cerimônia ocorreu nesta terça-feira, na sede da Subseção. O advogado Maikon Rafael Matoso é novo presidente da OAB Camboriú

Geral

Casal é flagrado fazendo sexo na areia da praia em cidade catarinense

Um casal foi pego em flagrante na noite do último sábado (22) praticando relação sexual na Praia Central de Barra Velha. O flagrante ocorreu por volta das 23h. O casal foi visto na beira mar […]

Geral

“Dormiu o sono eterno”; criança de Santa Catarina que lutava contra AME morre

Jonatas tinha AME de tipo 1, o mais grave dentro do quadro da doença

Geral

Estudantes de Itapema são destaques na Olimpíada Brasileira de Matemática

A Olimpíada busca estimular o estudo da matemática por meio da resolução de problemas que despertem o interesse e a curiosidade de professores e estudantes

Geral

Sertanejo Murilo Huff, ex de Marília Mendonça, curte dia de sol no Caixa D’Aço

Além da praia de Porto Belo, Murilo tem aparecido com frequência em praias de Itapema

Mais notícias

Geral

Nova diretoria da OAB Camboriú é empossada

Cerimônia ocorreu nesta terça-feira, na sede da Subseção. O advogado Maikon Rafael Matoso é novo presidente da OAB Camboriú

Segurança

Polícia procura suspeito de matar mãe e filha no RS

Agentes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Passo Fundo apuram os motivos para o possível feminicídio